Tom otimista marca abertura da 30ª ExpoBento e da 17ª Fenavinho

Foi necessário aguardar dois anos para que o público pudesse, de fato, prestigiar a emblemática 30ª edição da ExpoBento. A espera ocasionada pela pandemia foi finalmente encerrada numa cerimônia de abertura, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves, marcada pelo tom otimista da retomada.

A ExpoBento abriu nesta quinta-feira, 9, e seguirá até o próximo dia 19 trazendo como atração simultânea a 17ª Fenavinho e sua Vila Típica, além de um universo de 450 expositores exibindo cerca de 30 mil itens e de mais de 120 atrações artísticas.

Os números superlativos foram saudados por Marijane Paese, presidente do Centro da Indústria, Comércio e Serviços (CIC-BG), entidade promotora da feira e da festa, no seu propósito de gerar negócios, mas também lazer e cultura. E encontrou positividade até mesmo para encaixar a pandemia nesse cenário. “Ambas, de certa forma, se beneficiaram desse contexto e dos aprendizados dele decorrentes. ExpoBento e Fenavinho estão mais maduras, no melhor ponto de equilíbrio entre respeito às tradições e compromisso com a inovação. É essa combinação, na dose certa, que vai conduzi-las rumo a um futuro de continuidade sustentável e exitosa”, destacou Marijane.

Emocionado, o diretor da feira, Gilberto Durante, celebrou o aguardado momento de iniciar a ExpoBento, após longos 36 meses de expectativa e, claro, de muito trabalho. Para ele, esse foi um dos momentos mais notórios de sua contribuição voluntária à comunidade. “Talvez esse tenha sido o maior desafio de minha trajetória comunitária. Não estávamos preparados para o cenário da pandemia, que nos forçou a adiar a feira por dois anos. Mas descobrimos formas de nos reinventarmos, inovamos com projetos que mantiveram viva a marca e a força da ExpoBento, reforçamos alianças e conquistamos novos parceiros. Resiliência foi a palavra de ordem que nos conduziu durante todo esse período, e hoje estamos entregando a 30ª ExpoBento com o nível de excelência pelo qual a feira é nacionalmente reconhecida e admirada”, disse Durante, ao chamar todos os membros de sua diretoria para o palco, em reconhecimento ao trabalho de cada um.

Quem também prestou aplausos à equipe foi o coordenador da 17ª Fenavinho, Roberto Cainelli Júnior. Ao fazer isso, lembrou da mesma força coletiva que construiu a história da Fenavinho, a partir de 1967, e da alegria que a festa segue espalhando desde então.

“A Fenavinho deixou à comunidade muitos valores, como o do trabalho em conjunto. Assim seguimos unidos, mesmo nos momentos que compartilhamos dúvidas e apreensão. A pandemia nos mostrou a importância de estarmos entre amigos e brindar com um bom vinho, por isso essa festa traz uma simbologia muito forte, de nos reencontramos e comemorarmos nos divertindo juntos”, destacou.

Programada para ocorrer em 2020, a 30ª ExpoBento precisou ser adiada. O mesmo se sucedeu em 2021. Em ambos os casos, a feira, assim como a Fenavinho, seria gerida pelo então presidente do CIC-BG, Rogério Capoani. Agora presidente do Conselho Superior da entidade, ele festejou o momento, agradecendo o empenho das respectivas diretorias.

“Um grande e seleto grupo de pessoas abnegadas se engajaram para uma jornada para realizar a ExpoBento e a Fenavinho, mas a pandemia trouxe efeitos avassaladores em nível mundial e inviabilizou a realização da maior feira multissetorial do país e da mais bela Festa Nacional do Vinho. Mas as pessoas passam, e as grandes causas e feitos ficam eternizadas. Não só parabenizo como agradeço de coração à presidência do CIC e às diretorias e comitês pelo brilhante trabalho desenvolvido”, disse Capoani.

Enaltecimento às origens e à pujança do município

Os discursos em torno da realização da ExpoBento e da Fenavinho também evidenciaram as origens culturais e econômicas da cidade, a partir da imigração italiana. Representante da presidência da Assembleia Legislativa, o deputado Sérgio Turra enalteceu o povo trabalhador da Serra e a valorização do empreendedorismo. “Bento Gonçalves, num único evento que congrega sua fortaleza histórico-cultural, que é a Fenavinho, e sua fortaleza econômica, que é a ExpoBento, está mais uma vez abrindo suas portas ao mundo, cantando e valorizando sua história e o que fazem no dia a dia, que é trabalhar”, comentou.

O subprocurador-geral da República, Luiz Augusto Santos Lima, destacou a qualidade do vinho brasileiro, equiparando o produto aos melhores internacionais. “Vocês estão competindo de igual para igual”, disse Lima, no ato representando o procurador-geral da República, Augusto Aras. “Mas também quero cumprimentá-los porque me deixa muito entusiasmado com o Brasil que confia em mais uma feira, saindo da pandemia e acredita no futuro. Isso entusiasma o Brasil inteiro”, completou.

O teor esperançoso também marcou a fala do presidente da Câmara de Vereadores, Rafael Pasqualotto, que destacou a aptidão ao trabalho do bento-gonçalvense. “Essa cidade nasceu embaixo do parreiral, mas não se limitou em ficar ali, ela empreendeu, ela se qualificou. A Fenavinho foi a mãe das feiras, e a ExpoBento é uma de suas filhas. Bento Gonçalves não tem um proprietário, o proprietário de Bento Gonçalves é esse povo trabalhador”, disse.

O prefeito de Bento Gonçalves, Diogo Siqueira, trouxe à tona a qualidade dos vinhos elaborados no município e de como eles podem ganhar ainda mais representatividade mundial.

“Nós evoluímos muito nos últimos anos, nosso vinho cresceu muito, assim como o turismo e nossa indústria. Temos potencial de nos tornarmos uma região de referência internacional aqui em Bento Gonçalves, como Mendoza, na Argentina, ou Napa Valley, nos Estados Unidos. Retomar essa festa remete aos ancestrais de Bento, é valorizar as pessoas que construíram Bento Gonçalves e toda Serra gaúcha. Hoje é um dia especial para ritualizarmos e valorizarmos as pessoas que se dedicaram tanto, muitas delas voluntárias. Muito obrigado a todos e parabéns”, comentou Siqueira.

Serviço

O quê: 30ª ExpoBento e 17ª Fenavinho

Quando: de 9 a 19 de junho

Onde: Parque de Eventos, em Bento Gonçalves

Quanto: R$ 8 (dias de semana) e R$ 15 (finais de semana e feriados)

Estacionamento: para carros, R$ 15 (dias 9, 10, 14 e 15) e R$ 25 (dias 11, 12, 13, 16, 17, 18 e 19). Para motos, R$ 8 e R$ 10, respectivamente

Informações: site www.expobento.com.br e e-mail [email protected]

Promoção: Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG)

A 30ª ExpoBento e a 17ª Fenavinho têm o patrocínio de Dal Mobile, Madem Indústria e Comércio de Madeiras e Embalagens, Cooperativa Vinícola Aurora, Orquidea, Saif, Oxford Porcelanas, LNF Latino Americana, Bertolini S/A, Paese Comercio de Ferragens, Cooperativa Santa Clara, Crediare S/A, Lojas Colombo, Miolo Wine Group Vitivinicultura, Zegla Indústria de Máquinas para Bebidas, Multimóveis, Anderle Transportes, Concresul Britagem, Giordani Turismo, Sicredi, Supermercados Andreazza, Banrisul Consórcio, Suffa Móveis, Via Sul Serviços de Internet, Mérica Logistica, Badesul e Prefeitura Municipal de Bento Gonçalves. São apoiadores Embrapa, Guterres Comércio de Combustíveis, SEBRAE, SENAC, Hotel Vinocap e Transporte Santo Antônio.

Fonte: Exata Comunicação

Foto: Gilmar Gomes