Sicoob deve movimentar R$ 41 bilhões para o Plano Safra 22/23

O Sicoob, um dos maiores apoiadores da produção agrícola do Brasil, deve movimentar R$ 41 bilhões na Safra 2022/2023 para produtores rurais cooperados, segundo informações da instituição financeira cooperativa. O percentual de aumento é de 71%, comparado ao ano-safra anterior, em que foi concedido cerca de R$ 24 bilhões em crédito para produtores pequenos, médios e empresariais.

A instituição disponibiliza seus recursos para estruturar, custear e comercializar sua produção. Em seguros, dispõe de produtos voltados para proteção do patrimônio e promoção da segurança, estabilidade e tranquilidade deste público.

De acordo com o diretor Comercial e de Canais do Sicoob, Francisco Reposse Junior, o Sistema está com a expectativa de crescer 71% em relação ao ano-safra anterior e acredita que o valor a ser destinado é uma excelente oportunidade para produtores de todos os portes. “Todos os nossos cooperados produtores rurais, não importa o seu tamanho, poderão se beneficiar do recurso”, comemora.

No atual Plano, o Sicoob irá destinar R$ 21 bilhões às operações de custeio, R$ 17 bilhões para operações de investimento e R$ 3 bilhões para industrialização e comercialização. Serão R$ 9 bilhões direcionados aos pequenos produtores por meio do Pronaf, e R$ 11 bilhões para os médios produtores via Pronamp.

O Sicoob é o principal repassador de Funcafé do Brasil e a expectativa é liberar neste ano-safra mais de R$ 1 bilhão para os cafeicultores que utilizam recursos desse fundo. Além disso, os produtores rurais cooperados do Sicoob terão à disposição os recursos dos Fundos Constitucionais do Norte e do Centro-Oeste, recursos do BNDES, além dos recursos livres das cooperativas.

Além da movimentação do atual Plano Safra, o Sicoob realiza diversas ações para os produtores rurais que adotam estratégias e modelos de negócios comprometidos com a sustentabilidade, alinhados às melhores práticas de ESG (Environmental, social and Governance) – em português, meio ambiente, social e governança.

Nesta quinta-feira, dia 7, por exemplo, ocorrerá o 13º Workshop Produtor Rural, no qual quatro produtores mineiros, um capixaba e um catarinense, serão anunciados como vencedores do Prêmio Produtor Rural Sustentável, uma forma do Sistema reconhecer produtores que colocam o tema sustentabilidade no centro do processo produtivo, e com responsabilidade socioambiental geram soluções sustentáveis que impactam positivamente as comunidades em que atuam.

Hoje, o Sicoob conta mais de 6 milhões de cooperados. Destes, cerca de 490 mil são produtores rurais e 76% deste público são formados por pequenos produtores.

Sicoob SC/RS
O presidente do Sicoob Central SC/RS, Rui Schneider da Silva, disse que o incremento de 71% de recursos para a safra que está começando, “é a demonstração maior de que o Sicoob é um grande parceiro do produtor rural, sempre pronto a apoiá-lo em suas demandas, impulsionar seus negócios e contribuir para o desenvolvimento regional, gerando mais empregos, renda e qualidade de vida”.

Segundo o diretor de Negócios da Central SC/RS, Olavo Lazzarotto, “o Sicoob tem recursos para modernizar, custear, proteger e expandir a produção do agronegócio”. Para o gerente de Agronegócios da Central SC/RS, Rodinei Munaretto, a expectativa, mesmo diante das dificuldades, é de mais uma grande safra “e o Sicoob vai atender, com recursos próprios e do governo, desde a agricultura familiar até a empresarial”. Acrescentou que “as linhas de custeio, investimento, comercialização e industrialização do Sicoob vão garantir a flexibilidade necessária e contribuir com a competitividade da cadeia produtiva dos nossos cooperados”.

Fonte: Sicoob – Assessoria de Imprensa (com acréscimo do Sicoob Central SC/RS).