Setor de serviços mostra recuperação e equipara números de 2019

Boletim do OECON do CIC-BG também aponta a criação de quase 2 mil vagas de trabalho nos sete primeiros meses do ano

O setor de serviços, o mais atingido durante a pandemia, está mostrando forte recuperação em Bento Gonçalves e já equipara os números de emprego de 2019, o melhor ano da série histórica. Apenas 20 vagas separam o feito, de acordo com o mais recente boletim emitido pelo Observatório da Economia (OECON).

O segmento econômico foi responsável, em julho, pelo segundo melhor saldo de vagas (+99) da cidade, alcançando 18.080 postos de trabalho no total – em 2019, fechou o ano com 18.100. A análise do grupo do Centro da Indústria, Comércio e Serviços (CIC-BG) também mostra que, entre janeiro e julho, foram criados no município quase 2 mil postos de trabalho, estabelecendo Bento com a nona melhor marca do Estado. O primeiro mês do segundo semestre finalizou com saldo positivo de 267 postos de trabalho, tendo na indústria o principal responsável (+138).

O setor de construção civil também registrou desempenho positivo (+61) depois de dois meses consecutivos no vermelho – maio (-6) e junho (-15). O comércio, embora tenha registrado em julho (-29) o segundo mês seguido com saldo negativo, gerou no acumulado do ano quase 170 vagas.  “Julho apresenta diversas evidências que ratificam o crescimento da economia do município em tempos de pandemia”, comenta o integrante do OECON, o professor da Universidade de Caxias do Sul (UCS) Fabiano Larentis.

 

Fonte: Exata Comunicação e Eventos
Foto: Divulgação Exata

(RM)