Secretaria da Cultura emite nota de esclarecimento quando aos pagamentos de autores na Feira do Livro de Bento

A Secretaria da Cultura de Bento Gonçalves, emitiu um comunicado na tarde desta sexta-feira, dia 18, sobre o pagamento dos autores que participaram da 35ª Feira do Livro, realizada de forma virtual no mês de outubro deste ano.

A iniciativa ocorreu após a patrona desta edição, a escritora Letícia Wierzchowski, publicar em seu perfil pessoal na rede social facebook, a informação de que os mesmos ainda não haviam recebido os cachês pela participação.

Confira a nota da Secretaria da Cultura na íntegra:

A Secretaria de Cultura e Fundação Casa das Artes esclarecem sobre o pagamento dos autores que participaram da edição online da 35ª Feira do Livro de Bento Gonçalves:  

– A Feira do Livro é realizada através da Lei de Incentivo à Cultura do Governo Federal, contando com a captação de patrocínio para tal fim.

– O projeto foi encaminhado para o Ministério do Turismo e Secretaria Especial da Cultura e aprovado para captação, porém com Pandemia do Coronavírus o orçamento e o formato precisaram ser adaptados, a fim de não deixar de realizar um evento tão importante para nossa cultura e com tanta história, passando do formato tradicional para a realização online. Neste momento o projeto encontra-se em análise para emissão de parecer técnico, isso desde o mês de setembro corrente, data esta anterior a realização do evento, 07 a 18 de outubro. 

– Com isso, apesar da captação dos recursos, ainda não é possível fazer a movimentação dos recursos de patrocínio disponíveis na conta específica do projeto.

– Desde a finalização do evento, e mesmo antes disso, os técnicos da Secretaria de Cultura e da Casa das Artes buscam a liberação do projeto através de comunicações via plataforma de projetos, e-mail e telefone com os responsáveis a nível federal, porém sem sucesso e sem uma previsão da Secretaria Especial da Cultura e do Ministério do Turismo para a finalização dos tramites. 

–  A Secult e a FCA sempre valorizaram e respeitaram os artistas, autores e escritores, não medindo esforços para que a situação fosse solucionada. Infelizmente os tramites burocráticos não permitiram a realização do pagamento com brevidade, como de costume em outras edições da Feira do Livro já realizadas pelo município. 

– Nesta sexta-feira, 18, foi autorizado o pagamento dos artistas com a utilização de recursos próprios.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social Prefeitura