Recurso à liminar suspende novamente realização das feiras do produtor em Bento

Após ratificação de liminar que autorizava a realização das Feiras do Produtor em Bento Gonçalves, independentemente do Decreto Municipal, o que ocorreu na tarde desta quinta, 11, a Prefeitura de Bento Gonçalves recorreu da decisão e, na tarde desta sexta, 12, publicou a informação do cancelamento da atividade, conforme decisão do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul- 2ª Câmara Civil.

Como forma de prevenção ao coronavírus a realização da feira foi suspensa no Decreto Municipal 10.852/2021, publicado no último dia nove. O objetivo é evitar a circulação e aglomeração de pessoas principalmente do grupo de risco justamente agora, em que o sistema de saúde enfrenta um dos piores momentos da pandemia. Nesta sexta, 36 pessoas estão internadas na UPA, e o Hospital Tacchini segue com a capacidade acima dos 100%, com 71 pacientes internados na UTI.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Cedenir Postal, afirma ter recebido com tristeza a notícia. “Infelizmente a Prefeitura recorreu e conseguiu reverter a liminar que permitia que os agricultores pudessem vender na feira. Agora, de última hora, é uma quantidade muito grande de produtos que irão para o lixo. Mas ainda estamos trabalhando para tentar reverter essa situação. Isso é o descaso que a Administração está tendo com os agricultores. Entendemos todo o problema da pandemia e entendemos todo o problema do comércio e de tantos empreendimentos fechados, mas os agricultores não podem ser penalizados com essa decisão, no mínimo, arbitrária”, enfatiza.

 

Central de Jornalismo da Rádio Difusora
Fotos: Produtores Rurais de Bento Gonçalves / Divulgação