PROCON-BG orienta população sobre as promoções da Black Friday

Como vem ocorrendo há vários anos, está sendo anunciada a Black Friday para o próximo dia 26. A data está cada vez mais próxima, e as promoções começam a ser antecipadas. Às vésperas do grande evento, com promessas de descontos no momento da compra, surge também o alerta do PROCON-BG, sobre como evitar cair em golpes e em falsas promoções.

O Coordenador do PROCON-BG, Maciel Giovanella, comenta sobre a importância de realizar pesquisas antes de realizar a compra. “É recomendável que o consumidor se mantenha atento às ofertas, fazendo o devido comparativo com os valores praticados anteriormente e com outros fornecedores, para aferir o verdadeiro valor comercial do produto ou serviço, não se limitando aos eventuais percentuais de descontos anunciados”.

Nas palavras de Giovanella, “a descrição dos produtos ou serviços anunciados devem ser bem analisados, para que o consumidor adquira somente aquilo que corresponda ao efetivo interesse ou necessidade”.

As compras online

Ainda segundo o Coordenador do PROCON-BG, ao adquirir produtos ou serviços por sites, é importante o consumidor se certificar da idoneidade do fornecedor, do histórico de cumprimento e resoluções das ofertas anunciadas, bem como ter a cópia das ofertas.

“Prefira sites conhecidos, com informação sobre o CNPJ, endereço físico onde o fornecedor pode ser encontrado, endereço eletrônico, com serviço de atendimento ao consumidor (SAC). Desconfie de ofertas muito tentadoras, muito abaixo da média de mercado. As compras por impulso e mal analisadas poderão trazer transtornos e prejuízos ao consumidor, independente da proteção da lei consumerista”.

Compras em lojas físicas

Nas compras realizadas em Lojas Físicas é aconselhável optar por comprar os produtos em estabelecimentos devidamente regularizados e que emitam nota fiscal. Os produtos expostos nas vitrines devem apresentar o preço à vista e, se vendidos a prazo, o total a prazo, as taxas de juros mensal e anual, bem como o valor e número das parcelas.

Verifique se a embalagem do produto está lacrada, e se contém todas as informações necessárias (preço, quantidade, características, validade, identificação do fabricante ou importador, recomendações de restrição quanto à saúde e segurança do consumidor.

Verifique a política de troca da loja, porque em compras realizadas em lojas físicas, não existe a obrigação de o fornecedor realizar troca imediata do produto. Porém, se a loja pratica esta política, peça por escrito o prazo eventualmente concedido para troca do produto por liberalidade.

Guarde todo o material publicitário (jornais de oferta e panfletos, por exemplo). Nas Compras em Produtos de Mostruário Produtos de mostruário apresentam um percentual de desconto maior.

Black Friday: comprar ou não comprar? Vale a pena?

Aqui no Brasil, as principais promoções são através de sites de forma online, porém hoje muitas lojas físicas, incluindo o comércio municipal, participam do evento.

Confira outras dicas do PROCON-BG

Nas compras realizadas por Internet

Faça uma lista do produto ou serviço que deseja e estipule um limite de gasto, evitando gastar mais do que o previsto. É muito importante também fazer uma pesquisa de preços por meio de aplicativos e sites de comparação de preços;

Nas compras feitas em sites, após escolher o produto ou serviço, verifique se o preço será alterado no carrinho virtual, ou se o valor do frete é muito mais alto que o habitual

Observe o prazo de entrega e informe-se antecipadamente sobre a política de troca da empresa.

Evite clicar em links e ofertas recebidas por e-mail ou redes sociais.

Consulte o produto em questão, fazendo sempre a consulta na página oficial da loja, de preferência digitando o endereço do site, ou entrando em contato direto pelo SAC deste

Verifique se o site visitado tem reclamações registradas no www.reclameaqui.com.br e na lista de sites não confiáveis.

O que diz o Código de Defesa do Consumidor

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, em compras feitas fora do estabelecimento comercial, o consumidor tem sete dias para “se arrepender” – cancelar a compra, solicitar a troca do produto, devolver o produto ou até pedir o dinheiro de volta (o prazo passa a contar da data da compra ou da entrega do produto) – artigo 49 do CDC. Qualquer produto, nacional ou importado, deve apresentar informações corretas, claras e em língua portuguesa sobre suas características, qualidade, quantidade, composição, preço, garantia, prazo de validade, origem, além dos riscos que possam apresentar à saúde e segurança dos consumidores.

Os consumidores que se depararem com irregularidade nas relações de consumo, podem entrar em contato com o Procon de Bento Gonçalves, através do telefone 54 3055-8547/ 54 3055-8544, ou presencialmente, na Rua Mal Deodoro, nº 70, na base térrea da Prefeitura Municipal, para denúncia ou auxílio.

O atendimento ocorre das 9h às 16hsem fechar ao meio-dia.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura
Foto: Divulgação ASCOMBG

(RM)