Preço médio da gasolina supera R$ 7 pela 1ª vez em quatro estados brasileiros

Os outros três estados onde o valor supera os R$ 7 foram Rio Grande do Norte, com o litro a R$ 7,109, Rio de Janeiro (R$ 7,041) e Goiás (R$ 7,040). Apenas no Amapá o preço médio do litro da gasolina comum foi inferior a R$ 6, alcançando R$ 5,578.

O preço máximo do combustível superou R$ 7 em 15 das 27 unidades da Federação. O maior valor foi encontrado no Rio Grande do Sul, com o litro a R$ 7,889, seguido do Rio de Janeiro (R$ 7,649) e Minas Gerais (R$ 7,479).

Os outros estados onde o custo da gasolina comum superou R$ 7 foram Pernambuco (R$ 7,439), Acre (R$ 7,3), Bahia, Rio Grande do Norte, Goiás e Piauí (todos com R$ 7,299), Tocantins (R$ 7,279), Mato Grosso (R$ 7,23), Pará (R$ 7,25), Distrito Federal (R$ 7,199), Alagoas (R$ 7,198) e Ceará (R$ 7,19). A única unidade da Federação com valor inferior a R$ 6 foi também o Amapá (R$ 5,790).

A semana foi a nona seguida em que o preço médio da gasolina comum superou os R$ 6 no país. Na semana de 24 a 30 de outubro, o valor foi de R$ 6,562.

Por região, o Centro-Oeste tem o valor médio mais caro do Brasil, com o litro vendido em média a R$ 6,786. Em segundo lugar, aparece o Nordeste (R$ 6,641), seguido pelo Sul (R$ 6,546), Sudeste (R$ 6,546) e Norte (R$ 6,443).

 

Fonte: Correio do Povo

(RM)