“Precisamos sarar a vida”: leia artigo do padre Gilnei Fronza sobre a Romaria Votiva

Neste ano, a Romaria Votiva está diferente. Não estamos nos aglomerando, não iremos almoçar juntos e trata-se de um ano atípico. Mas podemos dizer também que esta é a Romaria pela gratidão da terra, por ela ser tão generosa conosco. Quando o agricultor chega ao Santuário na Romaria Votiva com o fruto do trabalho, do cansaço e da entrega dele, ele pode enxergar o resultado disso: está nas mãos dele o fruto, o alimento, o resultado. Espera-se que este trabalho possa ser reconhecido no preço e na valorização no mercado.

A nossa relação com a terra é querida, é sentimental. Nós vivemos para curar a vida, sarar a vida. Temos a impressão de que sarar é para já, é rápido… Mas sarar leva um tempo maior. Sarar a vida é a nossa eterna busca. Nossa vida é tão frágil, tão limitada. Nesta semana, completamos 70 anos da libertação de Auschwitz, com tantos mortos pela bestialidade humana. Hum milhão de mortos. De novo: precisamos sarar a vida.

Em Auschwitz em 1944 morriam 6 mil pessoas diariamente. Judeus, ciganos, homossexuais, inválidos. Não faz tanto tempo assim.

Olhamos nosso Brasil. Até agora, 210 mil vidas foram ceifadas pela Covid-19. Atraso na vacina, no cuidado, na assistência. Na verdade, ausência da assistência. O nossos SUS tão desprezado se torna fundamental nesse tempo.
Precisamos sarar a vida: Deus queira que nenhuma outra Manaus aconteça no nosso Brasil… e para que isso não se repita, desejamos que nossas autoridades não sejam tão ineficientes, inoperantes como vêm sendo.

E que a gente possa, de fato, respirar o oxigênio que faltou em Manaus e respirar o oxigênio de uma saúde melhor. Vamos cuidar da criação porque nós fazemos parte, somos também criaturas! A vida é um dom de Deus. Trabalhar com esse sentimento de gratidão nos faz trabalhar melhor, respeitar mais o nosso ritmo de trabalho e viver com mais qualidade também.

Estar na igreja é encher a gente de uma realização maior, uma autoestima maior.

É bom ser comunidade, é bom ser cristão. É bom caminhar na proteção de Maria. É bom plantar, é bom colher e celebrar, dar sentido para a nossa colheita, dar sentido a nossa vida.

Relembre:

Inicia a novena preparatória a 121ª Romaria Votiva a Nossa Senhora de Caravaggio, em Farroupilha

Fonte: Santuário de Caravaggio