Polícia Civil e ARPA cumprem mandados de busca e apreensão por crimes ambientais em São Jorge e Paraí

A Polícia Civil de Paraí, com o apoio da Delegacia de Polícia de Nova Araçá e da Associação Riograndense de Proteção aos Animais (ARPA), realizou operação nas cidades de São Jorge e Paraí, onde foram cumpridos ao menos quatro mandados de busca e apreensão, expedidos pelo poder Judiciário de Nova Prata.

Em Paraí os policiais flagraram crimes de maus tratos e indícios de animais usados em rinhas. Foram encontrados diversos galos com ferimentos e desnutridos, além de cerca de 10 cães e quatro cavalos, todos com sinais de desnutrição e sem alimentos.

Durante as buscas em São Jorge ainda foram apreendidas armas de fogo, munições, apetrechos de recarga, e carcaças de animais silvestres. Em duas situações foi dada a voz de prisão e, os dois indivíduos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia de Paraí para a lavratura do Auto de Prisão em Flagrante. As carcaças de duas Pacas, animal ameaçado de extinção, também foram apreendidas.

Com informações da Rádio Club