Morre sexto bandido que trocou tiros com a BM em Caxias

O sexto envolvido no confronto com a Brigada Militar (BM) que resultou em outras cinco mortes no fim da madrugada, morreu no final da manhã desta quarta-feira, dia 14. O indivíduo foi alvejado na cabeça após tentar fugir por um matagal às margens da Rota do Sol, junto ao local do conflito.

Durante a tentativa de fuga, ele caiu em um barranco e chegou ser resgatado pelos bombeiros por volta das 7h. Socorrido pelo Samu, foi encaminhado ao hospital em estado grave, mas não resistiu aos ferimentos. Caso tivesse sobrevivido, o cidadão seria indiciado por tentativa de homicídio contra policiais, associação criminosa armada e porte ilegal de arma.

O confronto aconteceu na Rota do Sol, RSC-453, após uma perseguição que iniciou no bairro Pioneiro, em Caxias, onde os criminosos atacaram um ponto de venda de drogas que pertenceria a um grupo rival.

Conforme o delegado, Ives Trindade, titular da Delegacia de Homicídio e Desaparecidos (DHD) de Caxias, até agora somente um dos mortos, um adolescente de 15 anos, foi identificado, porém o nome não foi divulgado.

A Brigada Militar afirma que tinha informações sobre uma disputa de territórios para o tráfico de drogas entre facções e que um atentado poderia acontecer no bairro Pioneiro. A especulação é que os criminosos deslocariam de Farroupilha para atacar os rivais. O 4º Batalhão de Choque foi acionado e monitorou a região durante toda a madrugada.

O ataque aconteceu por volta das 4h15min, tendo como alvo uma residência que seria utilizada para a venda de drogas. Os atiradores tripulavam um Voyage branco, que fugiu para a Rota do Sol.

Houve perseguição em direção a Farroupilha até a curva que fica próximo da chamada Ponte Seca, sobre o arroio Tega, no km 73. No local os delinquentes desembarcaram e atiraram contra os policiais com espingarda e pistola. A reação dos brigadianos levou à morte dos cinco suspeitos e posteriormente do sexto.

Fonte: BM/PC

Foto: BM