“Governabilidade será um desafio ao novo presidente”, diz Ana Amélia Lemos, no CIC-BG

Jornalista palestrou em reunião-almoço do CIC-BG no dia 23 de maio

Como jornalista que é, Ana Amélia Lemos abriu sua palestra ao meio dia de segunda-feira (23), no Centro da Indústria, Comércio e Serviços de Bento Gonçalves (CIC-BG), repercutindo uma notícia política confirmada minutos antes de começar sua fala. A desistência da candidatura do ex-governador de São Paulo João Doria à presidência, um fato que adicionou novos ingredientes ao quadro da terceira via. “Será que com essa desistência a terceira via conseguir se consolidar?”, perguntou.

Os temas políticos continuaram dando o tom da conversa dos minutos que se seguiram. Com a polarização cada vez mais próxima de se confirmar entre Jair Bolsonaro e Luis Inácio Lula da Silva, Ana Amélia enxerga um grande desafio. “É muito complicada a governabilidade num país com 32 partidos registrados na Justiça Eleitoral e com 23 partidos com assento na Câmara dos Deputados”, analisou.

Nesse sentido, a jornalista também acredita que, a partir de 2023, com Bolsonaro ou Lula no poder, direita e esquerda terão uma força equilibrada no Congresso. “Isso vai exigi maior capacidade de diálogo e articulação para trazer a sociedade ao debate que interessa ao país”, disse a ex-senadora. Para ela, até agora não se viu uma apresentação de propostas concretas nas áreas econômica e de investimentos. Sobre isso, elogiou o ajuste fiscal promovido pelo governador Eduardo Leite, o que devolveu a capacidade de investir nas rodovias, por exemplo.

Desafios em logísticas e quebrar as barreiras da burocracia são desafios ao novo presidente. “Quanto mais burocracia, mais problemas nós temos, precisamos simplificar os processos da legislação sem abrir mão da preservação e da sustentabilidade”. A modernização do país, a fim de tornar a máquina pública mais eficiente, foi outro ponto citado por ela como necessidade, assim como melhorar a educação profissionalizante.

“Nós descuidamos de áreas prioritárias, precisamos de ensino básico, educação profissionalizante e fornecimento de creche”, apontou a ex-secretária Extraordinária de Relações Federativas e Internacionais do Rio Grande do Sul. “Não temos, publicamente, uma oferta de plataforma de governo que satisfaça minimamente o setor empresarial brasileiro”.

A jornalista ainda falou sobre sua trajetória no Senado, atuando na aprovação da reforma trabalhista e na criação de projetos, como o que obrigou os planos de saúde incluírem a quimioterapia oral para tratamento domiciliar.

Sobre Bento, lembrou de uma reportagem produzida por ela nos anos 1970 intitulada “Onde o vinho tem sabor de progresso” e outra situação que a levou ás lágrimas. Em 2017, lembrou de um curso que ela protagonizou sobre redes sociais destinada a empreendedores realizado na Casa das Artes. “Quem estava na primeira fila, com um caderninho em mãos era o seu Moysés Michelon, estava lá para ouvir uma aula sobre comunicação digital. Isso não tem preço”, recordou. “Sem tecnologia, sem inovação, sem investimento nessa área digital nós não temos um futuro promissor”.

Marijane destaca importância da informação de credibilidade

A presidente do CIC-BG, Marijane Paese, destacou a presença de Ana Amélia como importante momento de reflexão sobre as próximas eleições. “É dever de todos nós estarmos bem informados, munidos com dados de qualidade e com credibilidade, embasados em fatos e não em achismos”, disse. Marijane também fez uma analogia disso com a atividade empresarial. “Tomamos decisões em nossas empresas a partir fatos, por que deveria ser diferente quando falamos em política?”, indagou.

O prefeito Diogo Siqueira destacou a coerência no trabalho de Ana Amélia, preocupado em fazer diferença na vida do cidadão. “Muito desse pragmatismo nós tentamos colocar em prática no nosso dia a dia. A gente tenta cuidar de nossas pessoas no dia a dia, na educação, na saúde, na agricultora, como vimos ontem (domingo) no Desfile Cultural da Fenavinho”, disse.

O momento de congraçamento na Via del Vino da comunidade com os participantes do desfile, vindos dos quatro distritos, também foi lembrado pelo diretor-geral da 30ª ExpoBento, Gilberto Durante. Mais uma vez, a feira receberá a Vila Típica da Fenavinho, entre os dias 9 e 19 de junho. “Com a amostragem neste final de semana, vimos que estamos no momento adequado para a retomada, e programamos uma Fenavinho e uma ExpoBento com uma programação muito intensa, resultado de 36 meses de muito trabalho”, disse Durante.

Novos associados são acolhidos

O CIC-BG também promoveu, durante o evento, as boas-vindas aos novos associados da entidade. Representantes de cada empreendimento subiram ao palco do Salão de Eventos para uma foto coletiva, e receberam uma garrafa de vinho cada, como sinal de agradecimento às parcerias que empresas e entidade passam a construir juntos.

Foram acolhidos os representantes das empresas RCP Assessoria Contábil e Administrativa, Escola Unidiomas, Beltoni Aços, TRS – Gestão e Tecnologia, Icehot Comunicação, J. Perna Parcerias, Da Serra Comércio de Produtos Alimentícios, Calvatec Indústria de Máquinas, Matheus Dalla Zen Borges, Gilmar José Lopes Gomes e SP Consultoria Empresarial.

 

Crédito das fotos: Exata Comunicação, Bárbara Salvatti

Fonte: Exata Comunicação