Formato drive thru dá esperança a agricultores familiares na Expointer Digital 2020

Após um 2019 de grandes vendas, em que o Pavilhão da Agricultura Familiar registrou volume recorde de negócios na casa dos R$ 4,5 milhões, o ano de 2020 e a pandemia do novo coronavírus trouxeram um grande desafio para a Expointer Digital: dar espaço às agroindústrias familiares gaúchas, já penalizadas pelo cancelamento de feiras e exposições no Estado, mas garantindo a segurança e a saúde de todos.

drive thru da Agricultura Familiar na Expointer Digital 2020 conta com 55 empreendimentos, divididos em 52 estandes, que estão atendendo os visitantes com produtos como salames, queijos, panificados, cachaças, sucos, vinhos, mel, artesanato, produzidos em diversas regiões do Rio Grande do Sul.

O formato é muito diferente do grande trânsito de pessoas a que o Pavilhão está acostumado: carros circulam, com motoristas e seus ocupantes observando bem os boxes em que os produtos da agroindústria familiar gaúcha estão exibidos. Até há a chance para parar um pouco e conseguir uma provinha, antes de concluir a volta e então estacionar em frente aos boxes escolhidos para as compras.

O produtor Leonardo Machado, da Mel Machado, de Viadutos, tem ótimas recordações da sua primeira Expointer, a de 2019. Agora, em 2020, viu no formato drive thru uma boa chance de vender sua produção. “Chegamos a vender hoje, mas acho que vai melhorar bastante ainda. Trouxemos mais mercadoria do que no ano passado, mas se conseguirmos metade do faturamento de 2019 já vai estar bom”, acredita.

Para Solange Auler Bini, da Embutidos Bini e Lácteos Auler, de Não-Me-Toque, o drive thru é uma oportunidade de se recuperar do cancelamento de feiras e exposições este ano. “Estamos vendendo até bem, achei que não ia vender tanto assim a princípio. Tudo que vem é lucro, porque até o momento não tivemos nenhuma feira. Se a gente conseguir vender 40% do que vendemos no ano passado, seria ótimo”, avalia.

Como acessar o drive thru

O acesso ao Parque de Exposições Assis Brasil para o Pavilhão da Agricultura Familiar é pelo portão 1, exclusivamente para veículos, com entrada gratuita. Após o ingresso, os visitantes seguem de carro até o Pavilhão, onde os produtores estão atendendo os visitantes sem que estes desçam dos veículos, o que é proibido. O horário de funcionamento é de 10h às 20h. Os produtos disponíveis para retirada no parque podem ser consultados em www.expointer.rs.gov.br/drive-thru.

Os estandes estão separados de forma com que duas agroindústrias fiquem lado a lado, permitindo com que os veículos estacionem em frente e sejam atendidos pelo expositor. Após o atendimento, o veículo poderá se dirigir até o próximo estande, podendo aguardar a liberação de vaga. O pagamento pode ser feito em dinheiro ou cartão. O fluxo de veículos no pavilhão está sendo controlado para evitar superlotação no local.

Texto: Elaine Pinto
Fotos: Emerson Foguinho