Fepam interdita galvânica em Caxias do Sul

17120300_1503521_GDO

A Divisão de Fiscalização Ambiental da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) interditou, na tarde desta quarta-feira (16), um empreendimento de serviços de galvanoplastia em Caxias do Sul. A suspensão das atividades ocorreu por falta de condições do sistema de impermeabilização do piso da metalúrgica na área dos banhos químicos e pela ineficiência do tratamento dos efluentes industriais.

Os policias do Batalhão Ambiental da Brigada Militar de Caxias do Sul também haviam constatado o lançamento de efluentes industriais sem tratamento diretamente na rede pública, constituindo iminente risco de contaminação.

Conforme o chefe do Departamento de Fiscalização da Fepam, engenheiro químico Vagner Hoffmann, além da suspensão das atividades, o empreendedor também será autuado e notificado para realizar todas as melhorias cabíveis. Deverá, ainda, realizar avaliação da área do empreendimento para verificar possíveis contaminações remanescentes no solo. Os relatórios técnicos devem ser encaminhados à Fepam.

Fonte: Assessoria Sema