Estratégias de acolhimento, intervenção em crise e atenção ao luto serão abordadas em curso de extensão da UCS

Programa contemplará questões relevantes aos processos de compreender, apoiar e intervir em casos de violências e desastres, considerando os impactos às configurações familiares

A Universidade de Caxias do Sul promove, no mês de julho, o curso de extensão “Familiares como Vítimas de Violências e Desastres: Estratégias de Acolhimento, Intervenção em Crise e Atenção ao Luto”, voltado a estudantes, pesquisadores e profissionais que atuam em áreas interdisciplinares sobre o estudo da violência, e a interessados no tema.

A atividade tem entre seus objetivos aprofundar os impactos da dimensão das violências (conflitos violentos, violência LGBTTI, suicídio, acidentes) e desastres (pandêmicos, naturais, provocados pela ação humana) nas configurações familiares, em leituras antropológicas, interseccionais e interdisciplinares, bem como em diferentes contextos territoriais.

Serão abordados recursos acadêmicos e ferramentas para qualificação de intervenções iniciais, a percepção das famílias como covítimas e sobreviventes, o cuidado qualificado, e o fomento às ferramentas de ação no acolhimento e atenção aos familiares e amigos das pessoas expostas às situações de risco e/ou emergências.

O curso on-line é realizado nos dias 19, 21, 26 e 28 de julho, com carga horária de 10 horas. Saiba mais e faça sua inscrição pelo site ucs.br > neste link.

A promoção é da área do conhecimento de Ciências Jurídicas, do Grupo de Estudos e Pesquisa Desencarcerando e do Grupo de Estudos Feministas Juntas Somamos.

Fonte: ACOM|Assessoria de Comunicação