Encerrada Operação Sintonia em Bento, com prisão de líder de facção paulista

Após oito horas de operação, O Ministério Público, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – Núcleo Serra, em conjunto com a Brigada Militar (pelo 3º BPAT), deu por encerrada a Operação Sintonia em Bento Gonçalves, com a prisão do líder de uma facção criminosa de São Paulo.

O homem, com antecedentes por delitos como tráfico de drogas e homicídio, já anteriormente apontado como “Torre” (liderança) da facção paulista e responsável por laboratório itinerante que refinava grandes quantidades de cocaína mensalmente, foi levado para uma penitenciária estadual não divulgada.

Também está sendo apurada a utilização de identidade falsa por tal indivíduo, que se encontrava foragido. A identificação dele foi realizada por peritos do Departamento de Identificação do Instituto Geral de Perícias, que prestou apoio à operação, mas não foi divulgada.

Além da prisão do indivíduo, foi recolhida uma motocicleta e um automóvel Corolla com placas de Marília (SP).

 

Central de Jornalismo da Rádio Difusora
Fotos: Unidade Móvel/Rádio Difusora