Empreendimentos cotiporanenses contam com certificado de turismo responsável

O Selo de Turismo Responsável, concedido pelo Ministério do Turismo, faz parte de um programa federal que estabelece boas práticas de higienização para cada segmento do setor. Para ter acesso ao selo, as empresas e guias de turismo precisam estar inscritas no Cadastur – Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos. Em Cotiporã, atualmente, três empreendimentos contam com o certificado, sendo o Parque de Aventuras Cotipaland, Padaria e Confeitaria Nona Maria e a Vinícola Marson.

Nesta semana, a vice-prefeita Lenita Zanovello Tomazi, secretária de Turismo e Cultura, Patrícia Gabriel e a coordenadora de Turismo, Bruna Tres, visitaram a Padaria Nona Maria e a Vinícola Marson, a fim de parabenizar os empreendedores pelo trabalho seguro, limpo e responsável que realizam.

A secretária de Turismo e Cultura, Patrícia Gabriel, destaca a importância dos empreendimentos ligados ao turismo possuírem o Cadastur e solicitarem o Selo de Turismo Responsável. “É uma ferramenta que posiciona Cotiporã como uma cidade turística, respalda a busca de recursos em outras esperas, bem como, fortalece e certifica os empreendimentos locais”, conclui Patrícia.

Para a vice-prefeita, Lenita, o Município de Cotiporã possui um grande potencial turístico e encanta através das suas belezas naturais, religiosidade, culinária e espaços de lazer. Em nome do prefeito Ivelton, Lenita colocou a Administração Municipal à disposição dos empreendimentos, reforçando a parceria e incentivo ao setor.

Podem se enquadrar no Cadastur – Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos, as agências de turismo, organizadoras de eventos, parques temáticos, guias de turismo, transportadoras turísticas, meios de hospedagem, restaurantes, bares e outros. A Secretaria de Turismo e Cultura está disponível para orientar e auxiliar os empreendimentos que buscam a certificação.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social da Prefeitura de Cotiporã
Fotos: Jordana Giacomelli / Assessoria de Imprensa / Divulgação