Diocese de Caxias propõe celebrações e gestos de solidariedade na Semana Santa 2021

Comunicado oficial do bispo diocesano, dom José Gislon, possibilita abertura das igrejas e a participação de fiéis, em número limitado, nas Missas e demais momentos do Tríduo Pascal

A Diocese de Caxias do Sul publicou novo comunicado oficial, na manhã desta quinta-feira, 25 de março, no qual oferece novas orientações acerca das celebrações da Semana Santa 2021. No documento assinado pelo bispo diocesano, dom José Gislon, a Igreja permite a abertura dos templos para a participação de fiéis, em número limitado de 10% (dez por cento), não ultrapassando a ocupação máxima de 30 (trinta) pessoas. É pedido, no entanto, que sejam respeitadas as diretrizes e orientações das prefeituras de cada município.

Tal proposta considera as flexibilizações anunciadas pelo Governo do Estado, conforme o Decreto nº. 55.806, publicado na terça-feira, 23 de março de 2021, que permite os serviços religiosos presenciais, em todos os dias da semana, exceto durante o horário compreendido entre 20h e 5h. Desta forma, para permitir a maior participação possível de fiéis nas celebrações, as paróquias podem ampliar os horários de missas, nas igrejas matrizes e nas comunidades, sempre de acordo com as possibilidades e realidades locais, sobretudo no Domingo de Ramos (27 e 28 de março) e no Tríduo Pascal, observadas as normas canônicas e a restrição do horário.

Também é permitido que os templos fiquem abertos e que os padres ofereçam o Sacramento da Reconciliação, seguindo os protocolos sanitários. As pessoas que pertencem aos grupos de risco, no entanto, são orientadas a permanecerem em suas casas e acompanharem as celebrações por meio das redes sociais, rádios e demais meios de comunicação.

Nas missas do Domingo de Ramos e da Paixão, os fiéis devem levar seus ramos para serem abençoados. Também é feito o convite para que os católicos coloquem estes pequenos galhos nas portas de suas casas, em sinal de comunhão com toda a Igreja. Na Quinta-feira Santa, 1º de abril, quando se celebra a Instituição da Eucaristia, deve ser omitido o rito do lava-pés, tendo em vista o momento da pandemia.

Já a Sexta-feira da Paixão, 02 de abril, deve ser preservada como dia de silêncio e oração. Nas celebrações, não será realizado o tradicional beijo da cruz ou quaisquer outros gestos que possam colocar em risco a saúde dos celebrantes ou dos fiéis. O Sábado de Aleluia, 03 de abril, por sua vez, terá abreviada Vigília Pascal, com a omissão da bênção do fogo e a procissão com o círio pascal.

Quinta-feira Santa e Sexta-feira da Paixão terão momentos de oração pelos mortos na pandemia e homenagem aos profissionais de saúde

A Semana Santa, na Diocese de Caxias do Sul, terá ações de solidariedade. Na Quinta-feira Santa, 1º de abril, às 19h, as igrejas e capelas das cidades da Diocese irão tocar os sinos em sinal de oração e gratidão aos profissionais da saúde e demais trabalhadores da linha de frente, neste tempo de pandemia. Já a liturgia da Sexta-feira da Paixão, 02 de abril, prevê uma prece, no contexto da Oração Universal, que faz parte do rito daquele dia, pelos que morreram neste tempo de pandemia, pelos doentes e pelos que sofreram alguma perda.

Sábado Santo terá ação conjunta de solidariedade, em vista dos que passam fome

No Sábado de Aleluia, 03 de abril, será realizada a campanha “Em Cristo, a vida vence – seja solidário, doe alimentos”. É de conhecimento geral, que o número de pessoas que passam fome tem aumentado de maneira considerável, também em Caxias. A iniciativa é do Banco de Alimentos, que viu diminuir o número de doações, nos últimos meses, em virtude da pandemia. Neste espírito de solidariedade, as igrejas matrizes das paróquias de Caxias do Sul serão pontos de coleta para receber alimentos não perecíveis. A comunidade poderá entregar os donativos das 09h às 13h.

Além do apoio da Igreja Católica, outras igrejas e instituições religiosas são convidadas como parceiras da ação. Para mais informações e esclarecimentos, basta fazer contato com o Banco de Alimentos de Caxias do Sul, pelo fone (54) 3211-5943.

ACESSE O COMUNICADO OFICIAL DE DOM JOSÉ, CLICANDO AQUI: https://bit.ly/3fgJ1Yy

 

Fonte: Diocese de Caxias do Sul