Diocese de Caxias do Sul terá escola de formação para diáconos permanentes a partir de 2022

Projeto visa a formação de homens casados ou solteiros para o serviço à Igreja no primeiro grau da Ordem. O primeiro grupo iniciará os estudos em março de 2022 e a previsão é que a celebração de ordenação aconteça em 2025.

O diaconado é um ministério carregado de significados e de grande relevância para a Igreja no que tange seu mandato missionário: “Ide por todo mundo e pregai o evangelho a toda criatura” (Mc 16,15). Por isso, neste ano de 2022, a Diocese de Caxias do Sul dá um belo e importante passo: o início da Escola Diaconal São Filipe, para a formação dos diáconos permanentes.

Em diversas paróquias pelo mundo a fora, a figura do diácono se faz presente, assumindo trabalhos pastorais e ministrando alguns sacramentos. O ministério do diaconado tem origem bíblica, no contexto dos Atos dos Apóstolos. Diante da queixa dos helenistas contra os hebreus de que suas viúvas estavam sendo esquecidas na distribuição de alimentos aos pobres, os apóstolos propuseram escolher sete homens de ‘boa reputação’, ‘espírito’ e ‘sabedoria’ para que se dedicassem ao serviço da caridade (cf. At 6,1-6).

No decorrer da história, o diaconado tornou-se o ministério do ‘serviço da caridade’, da ‘proclamação da Palavra’ e do ‘serviço do culto’ e sua essencia é servir. Derivado do grego ‘diakonós’, o diácono é aquele que pratica a ‘diakonia’ = ‘serviço’ à comunidade. Assim, o diácono também recebe a Ordem, que é dividida em três graus (diaconado, presbiterado e episcopado).

O Sacramento da Ordem, em seus três graus distintos, confere ao ministro ordenado, cada qual no seu respectivo grau, o poder de servir ao povo de Deus, desempenhando o múnus de ensinar, santificar e governar (cf. Cân. 1008). Assim, o diaconado permanente é ministrado a homens idôneos (mínimo 35 anos), devidamente preparados, podendo ser solteiros ou casados. Se solteiros, precisarão aderir ao celibato e, se casados, precisarão da permissão formal da esposa. Esses são homens que querem se dedicar ao serviço da caridade, sem almejar os outros graus da Ordem.

O diaconado permanente não é uma instituição nova na Igreja. A partir do Concílio Vaticano II, de 1962 a 1965, depois de longas discussões, que os padres conciliares decidiram restaurar o ministério do diaconato permanente, deixando o bispo de cada diocese instituir esse ministério e formar os candidatos. As decisões conciliares sobre esse tema estão na Constituição Lumen Gentium e no documento Sacrum diaconatus ordinem.

Escola São Filipe – Diocese de Caxias do Sul

Na Diocese de Caxias do Sul, a demanda pela instituição deste serviço à Igreja já é discutido há alguns anos, inclusive durante o episcopado de dom Alessandro Ruffinoni. Após diversas reflexões, o bispo diocesano de Caxias do Sul, dom José Gislon, nomeou, em 2021, a equipe de coordenação da Escola Diaconal São Filipe, que é composta por padres, religiosas e também leigos e leigas, com experiências em diversos serviços e pastorais da Igreja.

Ao longo de 2021, a Coordenação Diocesana de Pastoral passou pelas diversas paróquias e regiões de pastoral para dinamizar a proposta e ao final do ano, recebeu os nomes dos candidatos que somam quase 30. Eles serão acompanhados ao longo dos anos de 2022 a 2025.

No mês de março, terá início o ano propedêutico, isto é, o período de introdução dos candidatos ao processo formativo. Mensalmente, de acordo com o calendário abaixo, eles estarão reunidos no Centro Diocesano de Formação Pastoral. Além disso, receberão acompanhamento da equipe de coordenação para o discernimento vocacional, pois se compreende que o diaconado é uma vocação que precisa ser rezada, acompanhada e discernida.

Entre os anos de 2023 e 2025 os candidatos terão etapas de estudo e formação teológica, pastoral, social e psicológica, em preparação à Ordenação Diaconal, programada para novembro de 2025.

CRONOGRAMA DA ESCOLA SÃO FILIPE – DIACONADO PERMANENTE

COORDENAÇÃO

A coordenação tem a missão de zelar pelo bom andamento da Escola Diaconal São Filipe. Para o referido compromisso, faz-se necessário: coordenar o bom andamento e a efetivação da programação; conectar e dar coesão das pessoas das equipes (coordenação, candidatos, famílias); organizar e estar atento ao acompanhamento humano-espiritual dos candidatos. A coordenação será composta pelo coordenador e vice coordenador.

A Equipe de Coordenação é composta pelas seguintes pessoas: padre Leonardo Inácio Pereria, padre Álvaro Luiz Pinzetta, padre Marciano Guerra, padre Norberto Luiz Coltro, padre Daniel D’Agnoluzzo Zatti, padre Tiago Camozzatto, padre Paulo César Nodari, irmã Neli Basso, Henrique Rauch, Antônio Pasa, Fabiane Lorandi Pasa, Loiva Meneses, Mariana Parise Brandalise Dalsotto.

Importante será observar e tomar em consideração o acompanhamento espiritual dos candidatos. Cada candidato, além de ser acompanhado mais diretamente por um dos membros da Equipe de Coordenação, precisará ter o acompanhamento de um diretor espiritual. A Equipe de Coordenação precisará zelar muito, para que a formação, neste ano específico do Propedêutico, seja conduzida de maneira gradual e contínua, de forma a visar para cada candidato uma formação processual e integral.

CRONOGRAMA DO PROPEDÊUTICO 2022

Os encontros do Ano Propedêutico serão realizados de março a novembro de 2022. A proposta é que os encontros aconteçam no sábado de manhã até o domingo de meio-dia. No mês de maio e de outubro de 2022, a proposta é para que os encontros sejam realizados com a presença da esposa, quando é o caso de ser o candidato casado.

PRIMEIRO ENCONTRO: 12 e 13 DE MARÇO 2022 – FAMÍLIA

Pílulas de espiritualidade diaconal: Leitura de trecho dos Santos Padres

Dimensão Humana
Manhã: A pessoa humana e suas relações
Tarde: A pessoa humana diante do chamado de Deus

Dimensão da convivência
Noite: Convivência

Dimensão Espiritual
Manhã: Fundamentos teológico-espirituais da liturgia (Liturgia das Horas, Lectio Divina, Celebração da Palavra, Eucaristia)

SEGUNDO ENCONTRO: 02 e 03 DE ABRIL 2022

Pílulas de espiritualidade diaconal: Leitura de trecho dos Santos Padres

Dimensão Eclesiológica
Manhã: Eclesiologia do Concílio Vaticano II
Tarde: Espiritualidade diaconal

Dimensão da convivência
Noite: Convivência

Dimensão Espiritual
Manhã: Lectio Divina (domingo de manhã, manhã de oração término com a missa)

TERCEIRO ENCONTRO: 21 e 22 de MAIO 2022

Pílulas de espiritualidade diaconal: Leitura de trecho dos Santos Padres

Dimensão Cristológica
Manhã: Jesus Cristo, Caminho, Verdade e Vida

Dimensão Eclesiológica
Tarde: Teologia do Diaconado: o tríplice ministério: ensinar, reger, celebrar

Dimensão da Convivência
Noite: Convivência

Dimensão Espiritual
Manhã: Lectio Divina (domingo de manhã, manhã de oração e término com a missa) –

QUARTO ENCONTRO: 04 e 05 de JUNHO 2022

Pílulas de espiritualidade diaconal: Leitura de trecho dos Santos Padres

Dimensão Eclesiológica
Manhã: Documento de Aparecida

Dimensão Humana
Tarde: Projeto Pessoal de Vida: aspectos teóricos e práticos para a elaboração do Projeto Pessoal de Vida

Dimensão da Convivência
Noite: Convivência

Dimensão Espiritual
Manhã: Lectio Divina (domingo de manhã, manhã de oração e término com a missa)

RECESSO: JULHO 2022

Visita da Equipe de Coordenação aos candidatos e às famílias dos respectivos candidatos. Motivar a escrita do Projeto Pessoal de Vida

QUINTO ENCONTRO: 06 e 07 de AGOSTO 2022

Pílulas de espiritualidade diaconal: Leitura de trecho dos Santos Padres

Dimensão Eclesiológica
Manhã: História da Diocese de Caxias do Sul

Dimensão Eclesiológica
Tarde: Organograma e organização da Igreja: Santa Sé, Conferências, Dioceses, Paróquias, Comunidades

Dimensão da convivência
Noite: Convivência

Dimensão Espiritual
Manhã: Lectio Divina (domingo de manhã, manhã de oração e término com a missa)

SEXTO ENCONTRO: 03 e 04 de SETEMBRO 2022

Pílulas de espiritualidade diaconal: Leitura de trecho dos Santos Padres

Dimensão Eclesiológica
Manhã: Doutrina Social da Igreja
Tarde: Fratelli Tutti

Dimensão da convivência
Noite: Convivência

Dimensão Espiritual
Manhã: Lectio Divina (domingo de manhã, manhã de oração e término com a missa)

SÉTIMO ENCONTRO: 01 e 02 de OUTUBRO 2022 – FAMÍLIA

Pílulas de espiritualidade diaconal: Leitura de trecho dos Santos Padres

Dimensão Humana
Manhã: Família: Amoris Laetitia

Momento Vivencial
Tarde: Testemunho de um Diácono Permanente

Dimensão da Convivência
Noite: Convivência

Dimensão Espiritual
Manhã: Lectio Divina (domingo de manhã, manhã de oração e término com a missa)

OITAVO ENCONTRO: 05 e 06 de NOVEMBRO 2022

Pílulas de espiritualidade diaconal: Leitura de trecho dos Santos Padres

Dimensão Missionária
Manhã: Evangelli Gaudium

Dimensão Humana
Tarde: Retomada do Projeto de Vida

Dimensão Avaliativa
Final da Tarde: avaliação do Ano Propedêutico

Dimensão da Convivência
Noite: Convivência

Dimensão Espiritual
Manhã: Lectio Divina (domingo de manhã, manhã de oração e término com a missa)

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Diocese de Caxias do Sul
Foto: Felipe Padilha / Divulgação

(RM)