Difusora participa do 25º Congresso Gaúcho de Rádio e Televisão

Mais de 170 pessoas participam até esta quinta-feira, 24, do 25º Congresso Gaúcho de Rádio e Televisão da Agert (Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão), no Hotel Vestena, em Canela. A Rádio Difusora 890 está representada com o jornalista e radialista Felipe Machado. Desde a noite de terça-feira, 22, painéis abordam temas como integração, política, tecnologia e diálogo com o Poder Público.

Paralelamente ao evento, acontece uma feira de equipamentos com as últimas tecnologias a serem empregadas nas emissoras. O presidente do Congresso é Pedro Germano, com o anfitrião e presidente da Agert, Roberto Cervo, o Melão.

Uma das pautas que ainda tem gerado debate é a migração do canal AM para o FM, desde 2013, quando no Dia do Radialista, em 7 de novembro daquele ano, foi assinado o Decreto nº 8.139/13, de autoria na época da então presidente Dilma Rousseff.

A migração teve como objetivo o fortalecimento do setor de radiodifusão e das pequenas emissoras de rádio prejudicadas pelo aumento das interferências e ruídos, especialmente nas áreas urbanas. A mudança de serviço possibilitou uma melhor qualidade de áudio e transmissão, além de viabilizar a veiculação da programação no celular, com o imediato incremento de audiência e faturamento.

Segundo dados apresentados pela Abert (Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV) no Congresso, 1755 pedidos foram efetuados, com 772 migrações que já aconteceram no País. Ainda constam 86 processos arquivados e/ou desistências, bem como 274 casos em análise.

Finalização:

Para encerrar o processo de migração dos serviços ainda é necessária a redestinação dos canais 5 e 6 de televisão para o serviço de rádio FM, que por questões normativas técnicas, encontra-se atrelado ao processo de desligamento do sinal analógico de televisão.

O prazo final para a digitalização da televisão em todo o Brasil foi estendido e está previsto tão somente para o ano de 2023, previsão para o término do processo de desligamento do sinal analógico da televisão brasileira e consequente disponibilização da faixa 5 e 6 para o uso em FM (‘Faixa Estendida’).

Programação

Após a solenidade de abertura na noite da terça-feira, 22, o primeiro dia do evento nesta quarta teve pela manhã a palestra com Marcelo Leite, do Grupo RBS, com o tema Marketing + Comercial: a interação que gera resultado. O segundo momento foi com o comentarista da Globo News, João Borges, sobre o cenário político e econômico.

No turno da tarde, aconteceu à palestra de Fabio Wajngarten, secretário de comunicação da Presidência da República. Um painel com representantes da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações abordou entre outros temas, a migração, a flexibilização da voz do Brasil, entre outras pautas.

Por fim, foi à vez de Juan Pablo Boeira expor sobre Business Intelligence encerrando as falas do dia.

Veja a programação desta quinta-feira:

Fonte: Felipe Machado – direto de Canela – Central de Jornalismo da Difusora