Desaparecido que havia fugido de abordagem policial é localizado em Bento

Na tarde de quinta-feira, dia 13, a Brigada Militar localizou o homem, de 40 anos, que estava desaparecido de casa desde o dia 1º de janeiro, e que na última segunda-feira, havia se envolvido em uma perseguição com a policia, abandonado o veículo, e fugido pela mata, às margens da BR-470, em Bento Gonçalves.

Conforme informações, a Brigada realizada patrulhamento de rotina quando avistou o mesmo na Rua Giovani Girardi bairro Progresso, por volta das 17h15min. Ele foi abordado, identificado e encaminhado à DPPA para registro da ocorrência de localização. Na delegacia ele disse que havia saído para trabalhar a não voltou mais pra casa, justificando que costumeiramente faz isso porque “gosta de beber”.

Relembre o caso:

Na noite da última se segunda-feira, dia 10 a BM avistou um veículo Fiat/Pálio, de cor branca, em atitude suspeita nas proximidades de um estabelecimento comercial no bairro Maria Goretti. O condutor fazia movimentos bruscos com o veículo, momento em que a Brigada decidiu realizar a abordagem.

Neste momento o motorista acelerou e iniciou uma fuga dos policiais, com manobras perigosas e furando sinais vermelhos em semáforos da região, até se dirigir à rodovia BR-470, onde, na altura do km 206, acabou furando os pneus do veículo, após passar por cacos de vidros e pedregulhos.

Os policiais tentaram mais uma aproximação mas o condutor abandonou o veículo e se evadiu para a mata, pulando em um barranco de cerca de três metros de altura. Foram realizadas buscas com apoio de outras guarnições, mas o indivíduo não foi localizado. O veículo, a princípio sem irregularidades, foi apreendido e removido ao depósito credenciado ao Detran.

Nesta quarta-feira, a companheira do homem, foi informada sobre remoção do veículo e esteve na DPPA onde registrou que o companheiro saiu de casa no último dia 1º de janeiro e não retornou mais. Ela informou ainda que ele é usuário de drogas e que esta não é a primeira vez que ele some sem dar explicações. No histórico de precedentes do mesmo constam dois registros de desaparecimento e dois de localização datados de 2012 e 2019.

Central de Jornalismo / Unidade Móvel Difusora

Foto: Arquivo / Ilustração

(KPJ)