Decreto em Santa Tereza mantém somente atividades essenciais

A Prefeitura de Santa Tereza emitiu o terceiro Decreto Municipal (Nº 1.187/2020) sobre o coronavírus assinado pelo prefeito Gilnei Fior, nesta segunda-feira, 23. Seguindo o Decreto Estadual do governador Eduardo Leite, proíbe atividades e serviços privados não essenciais.

São considerados estabelecimentos comerciais, indústrias, agências bancárias, serviços, profissionais liberais e academias. São mantidos atendimentos em farmácias, posto de combustível, mercado e congêneres, agropecuária (para venda de produtos para animais), todos estes sem acúmulo de pessoas. O mercado por exemplo, deve respeitar a lotação máxima de cinco pessoas com distância de dois metros de cada um.

Restaurantes e lanchonetes devem diminuir o número de mesas, reduzindo em 50% a capacidade aumentando o distanciamento das mesas. O Decreto recomenda ainda se necessário, o uso de senha e o reforço de higienização nestes espaços.

Os órgãos públicos suspenderam o atendimento presencial (disponibilizado via telefone), além de outras alternativas que já constavam nos Decretos anteriores, como cancelamento de qualquer tipo de evento que resulte em aglomeração de pessoas e suspensão das aulas.

Na íntegra o Decreto está no Facebook da Prefeitura de Santa Tereza.

Dos atendimentos envolvendo os órgãos públicos uma nota também na página da Prefeitura informa que:

Não haverá atendimento presencial nos seguintes órgãos da administração pública, o atendimento será realizado por telefone ou e-mail:

– Secretaria Municipal de Administração e Fazenda:
Telefone: (54) 3456-1033, (54) 3456 1305 e (54) 3456 1035
E-mail: [email protected] ou [email protected]

– Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Desportos:
Telefone: (54) 3456-1030 e (54) 3456 1310
E-mail: [email protected]

– Secretarias de Obras e Agricultura: Serão realizados somente serviços essenciais.
Telefone: (54) 996257760 e (54) 3456 1033.

– Conselho Tutelar:
Telefone: (54) 996264408
E-mail: [email protected]

Esta é uma medida temporária, porém necessária neste momento!

Importante: A Secretaria de Saúde está realizando atendimento, porém está sendo priorizado o atendimento para casos de urgência e emergência, com isso, reiteramos a importância de dirigir-se a UBS somente em casos extremamente necessários.

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora