Câmara de Bento: vereadores aprovam uma moção e abertura de crédito

Foi aprovado um projeto de lei de autoria do executivo, e uma moção de autoria parlamentar

Vereadores aprovaram na sessão ordinária dessa segunda-feira(31), um projeto de lei de autoria do executivo, e uma moção de autoria parlamentar. A Moção nº 9/2020 de autoria da bancada do Progressistas foi retirada de votação a pedido do líder da bancada, vereador Volnei Christofoli.

PLO nº79/2020 que foi aprovado,  autoriza o município a abrir um crédito especial no valor de R$ 644,71 (seiscentos e quarenta e quatro reais e setenta e um centavos) na unidade orçamentária. A abertura do crédito especial se faz necessária para devolução de rendimentos de aplicação não utilizados do Convênio SEDACTEL, o qual se encerrou em 12 de maio de 2020. O repasse foi de R$ 36.577,00 (trinta e seis mil, quinhentos e setenta e sete reais) e a contrapartida do Município ficou no valor de R$ 6.461,00 (seis mil, quatrocentos e sessenta e um reais), que resultou na impressão de 113.252 (cento e treze mil, duzentos e cinquenta e dois) folders.

De autoria do vereador Agostinho Petroli (MDB), foi aprovada a Moção nº7/2020, em apoio à reivindicação dos trabalhadores da Rede Estadual de Educação para pagamento das horas em greve já recuperadas. Trata-se de revindicação de mais de 27 (vinte e sete) mil trabalhadores da Rede Estadual de Educação cujos pontos foram cortados em razão da greve protagonizada pela categoria. Os profissionais pleiteiam a reversão da medida imposta pelo Governo do Estado, visto terem inclusive recuperado as horas.

Assista a sessão ordinária na íntegra aqui.

Homenagem à Jauri Peixoto

O Plenário da Câmara Municipal parou por um minuto, antes do início da Sessão Ordinária, em sinal de respeito ao luto dos familiares e amigos, do ex-vereador e ex-vice-prefeito de Bento Gonçalves, Jauri da Silveira Peixoto, falecido na noite desse domingo (30), aos 78 anos de idade.

Além da aprovação de projetos, a sessão ordinária foi marcada por discursos que lamentaram a partida de Jauri Peixoto, bem como enalteceram o legado de desenvolvimento deixado por ele. O pedido de um minuto de silêncio foi feito pelo Presidente da Casa, vereador Rafael Pasqualotto (Progressistas). “Expressamos profunda tristeza pela morte de Jauri, que em sua essência, ele foi um verdadeiro parlamentar. Aprendi com seus discursos, porque ele tinha em sua essência parlamentar, o ataque e a defesa do mérito da proposta, um verdadeiro político e líder municipal, que deixará um imenso legado, por isso peço a todos que em pé façamos um minuto de silêncio em homenagem ao Jauri”, concluiu o presidente comunicando ainda que decretou luto oficial de três dias.

Fonte e fotos: Câmara Bento