Brasil recebe terceiro Seminário Internacional de Patrimônio e Turismo do Mercosul

As inscrições para participar do evento já estão abertas. As vagas são limitadas

Com o tema “Estratégias para a valorização do patrimônio e a retomada do turismo frente aos desafios e oportunidades do século XXI”, será realizada a terceira edição do Seminário Internacional de Patrimônio e Turismo no Mercosul (Sempat), entre os dias 18 e 21 de outubro. Organizado a partir da parceria entre Comissão de Patrimônio Cultural do Mercosul, Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional (Iphan) e Ministério do Turismo, o evento online, realizado via Zoom, será transmitido no canal do Iphan no Youtube. 

A realização do III Sempat é um dos compromissos assumidos pelo Brasil para o exercício da presidência pro tempore do Mercosul no segundo semestre de 2021. A abertura do seminário, marcada para 15h, horário de Brasília, terá roda de conversa com a participação do ministro do turismo, Gilson Machado, do secretário especial da cultura, Mário Frias, e da presidente do Iphan, Larissa Peixoto.

“De acordo com a Unesco, o turismo cultural, quando bem executado, é tanto um vetor de geração de emprego e renda quanto um meio para preservar os sítios culturais. Por conta disso, o III Sempat será um momento muito importante para que as nações da América do Sul pensem em alternativas de recuperação econômica em meio à nova realidade trazida pela Covid-19“, aponta a presidente do Iphan, Larissa Peixoto.

A terceira edição do seminário abordará o tema do Patrimônio Cultural em sua intersecção com a economia criativa, o desenvolvimento sustentável, as experiências turísticas e a participação das comunidades. Além de oportunidades de crescimento econômico, o Sempat colocará a preservação do Patrimônio Cultural no cerne do debate. Os temas transversais abordados incluem o processo de valorização dos bens culturais e a criação de narrativas e de ferramentas para manter suas características originais.

Com isso, o seminário vai possibilitar a troca de experiências entre os países da região quanto à gestão do patrimônio e do turismo em sítios reconhecidos como Patrimônio Mundial em seus territórios, além de gerar reflexão sobre alternativas presentes e futuras.

Durante o evento, gestores de diferentes países apresentarão estudos de caso com indicadores sobre a gestão do patrimônio e do turismo no cenário atual.  O III Sempat contará também com a participação de representações da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI) e da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

A primeira edição do Sempat foi realizada em Colônia do Sacramento, Uruguai, nos dias 25 a 27 de abril de 2016.  Já a segunda edição do evento, foi realizada em Encarnación, Paraguai, nos dias 3 a 4 de abril de 2018. Ainda em 2018, na reunião do Comitê Técnico de Patrimônio e Turismo do Mercosul (Compat), o Brasil se comprometeu a sediar e organizar o III SEMPAT.

Inscrições

As inscrições estão abertas até 8 de outubro, ou até se esgotarem as vagas, que são limitadas. Os participantes inscritos poderão acompanhar o evento a partir da plataforma Zoom, haverá tradução simultânea português-espanhol. Adicionalmente, o evento será transmitido no canal do Iphan no Youtube.

Nos dias 19 e 20, o público também poderá participar da oficina “Patrimônio e educação: transpondo fronteiras, conectando territórios”, ministrada pelo Núcleo de Educação Patrimonial do Iphan (com os servidores Sônia Rampim Florêncio, Marcia Pacito, Paulo Peters). Também será promovida a oficina “Economia Criativa, Patrimônio Cultural e Turismo”, ministrada pelo professor Marcelo Sotratti, do Centro Lúcio Costa/Iphan, e pela professora Karina Poli do Centro de Estudos Latino-Americanos sobre Cultura e Comunicação, Núcleo de Pesquisa da Universidade de São Paulo. Cada participante poderá se inscrever em uma única opção.

 

Fonte: Comunicação Iphan

(RM)