Bento registra criação de 413 empregos formais em fevereiro

O município de Bento Gonçalves registrou um crescimento de 1,02% da criação de empregos formais no mês de fevereiro. Foram 2,2 mil admitidos e cerca de 1,8 mil desligados, resultando na criação de 413 empregos formais de trabalho. Dessa forma, a cidade contou com um estoque de 40,7 mil empregos formais.

A Indústria foi o setor que mais impulsionou o resultado positivo, com geração de 220 empregos com carteira assinada, um aumento de 1,22%. Os Serviços contaram com 126 novos postos de trabalho, aumento de 1,12%. A Agropecuária foi o único setor que apresentou saldo negativo, com contração de 1 emprego.

No acumulado do ano foram criados 1,3 mil empregos na cidade, sendo motivado pela Indústria, que criou 814 vagas no período. Nos últimos 12 meses houve 611 vagas abertas, o principal gerador para esse resultado também foi a Indústria, que teve 984 empregos criados. Os Serviços, por outro lado, registraram 503 empregos fechados nos últimos 12 meses.

A presente Carta Mensal do Mercado Formal de Trabalho apresenta à comunidade dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), do Ministério da Economia (ME). Nesta Carta, são apresentados os dados referentes ao mês de fevereiro de 2021 para o Brasil, o Rio Grande do Sul e os municípios de abrangência da UCS: Bento Gonçalves, Canela, Carlos Barbosa, Caxias do Sul, Farroupilha, Flores da Cunha, Garibaldi, Guaporé, Nova Prata, São Sebastião do Caí, Torres, Vacaria, Veranópolis e Vila Maria.

Seguindo a definição usada pelo sistema RAIS/CAGED, Saldo é a diferença entre admitidos (início de vínculo empregatício) e desligados (fim de vínculo empregatício). O saldo positivo indica criação de novos postos de trabalho, enquanto o saldo negativo indica extinção de postos de trabalho. Os saldos dos meses anteriores contam com ajustes.

A Variação Relativa (Var. %) do emprego no mês toma como referência o estoque no final do mês anterior. O Estoque é o número de empregos formais. O Acumulado Ano indica as oscilações no saldo durante o ano vigente e os 12 meses toma como referência a soma dos saldos dos últimos doze meses e a Var % indica a variação dos últimos 12 meses.

Fonte: Observatório do Trabalho UCS