Bento Gonçalves amplia testagem contra o coronavírus

Bento Gonçalves iniciou as ações de monitoramento ao Coronavírus (COVID-19) ainda em janeiro, quando o mundo não imaginava à proporção que o vírus tomaria. Foi criado o Comitê de Atenção à doença, e seguidos eixos de planejamento com a comunicação, ações de prevenção, achatamento da curva epidemiológica para estruturação do sistema de saúde, retomada gradual das atividades econômicas e na última semana foi ampliada a testagem.

A medida é inspirada em países que adotaram a testagem e conseguiram ter resultados mais precisos para o controle da covid-19, a exemplo da Coreia do Sul. A estratégia também tem recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Atualmente, são testados pacientes com sintomas graves, além de profissionais de saúde e da segurança pública. O raio de monitoramento agora será ampliado para idosos e demais pessoas monitoradas pela Secretaria da Saúde.

A Central de Atendimento ao Coronavírus monitora 357 pessoas, que apresentaram sintomas da doença e cumprem o isolamento domiciliar. O acompanhamento é feito com ligações diárias para os quadros mais graves, e a cada dois dias para os casos mais leves.

Para o Secretário de Saúde, Diogo Segabinazzi Siqueira Bento é uma das cidades, que mais testa no país. “Desde o início nossas decisões são embasadas em dados científicos e técnicos, e sempre apresentados com transparência para população, o que nos permitiu planejar cada passo com tranquilidade. Agora com mais testes podemos monitorar a disseminação do vírus na cidade, isolar os confirmados e quem convive com eles”, disse.

650 testes já foram aplicados pela Secretaria da Saúde, destes 300 são testes rápidos e cerca de 350 PCR, 535 deram negativo para a Covid-19.

No total o Município contabiliza 115 casos, sendo 19 curados e 02 óbitos. “Nós adotamos uma política diferente dos demais Municípios, pois acreditamos que quanto mais testarmos mais reais serão os dados, melhor saberemos o comportamento do vírus. Só assim, podemos adotar estratégias de planejamento. Paralelo a isso, estruturamos nossos leitos de isolamento, de UTI, adquirimos respiradores que é o que realmente importa. Nossa população não ficará sem atendimento”, destaca o Prefeito Guilherme Pasin.

Número de testes para o Município

260- Encaminhados pelo Governo Estadual para profissionais da saúde e segurança

1025 adquiridos com recursos do Poder Judiciário

300 PCR comprados com Hospital Tacchini

Ainda irão chegar

1000 comprados pela Prefeitura

1200 Governo do Estado será aplicado nos idosos

600 adquiridos pelo CISGA

Diferença dos testes

RT-PCR (do inglês reverse-transcriptase polymerase chain reaction) confirmação é obtida através da detecção do RNA do SARS-CoV-2 na amostra analisada, preferencialmente obtida de raspado nasal. A coleta pode ser feita a partir do 3º dia após o início dos sintomas e até o 10º dia, pois ao final desse período, a quantidade de RNA tende a diminuir.

Teste rápido: os testes sanguíneos para detecção de anticorpos de antígeno (que detectam proteínas do na fase de atividade da infecção) e os de anticorpos (que identificam uma resposta imunológica do corpo em relação ao vírus). A vantagem desses testes seria a obtenção de resultados rápidos para a decisão da conduta. Resultado em até 15 minutos.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social Prefeitura

Foto: Emanuele Nicola