Argentina sai do ranking das exportações moveleiras gaúchas

Exportações de móveis gaúchos de janeiro a junho cresceram 93%, mas salienta-se a base deprimida de comparação em relação ao mesmo período de 2020

As exportações moveleiras reagiram de modo favorável no primeiro semestre de 2021 em comparação ao mesmo período do ano passado considerado o pior da história para os embarques de móveis. Embora a base de comparação seja baixa, de janeiro a junho deste ano as empresas moveleiras gaúchas exportaram US$ 137 milhões exportados – incremento de 93,1% no período.

No polo moveleiro de Bento Gonçalves, o principal do país, exportações de US$ 34,4 milhões frente a US$ 19 em 2020 – incremento de 81,4%. Já no Brasil, as exportações chegaram a US$ 467,7, crescimento de 70,5% de janeiro a junho em comparação a igual período de 2020. Os dados são originários do Comex Stat – portal oficial de estatísticas de comércio exterior do Brasil – e apurados pela Inteligência Comercial da Associação das Indústrias de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul (Movergs).

O presidente da Movergs, Rogério Francio, entende que deve haver uma continuidade dessa trajetória positiva no mercado externo, sustentada pela alta do dólar e elevada demanda por mobiliário conforme o pleno avanço mundial da vacinação. “A presença exportadora é importante, pois coloca a indústria moveleira frente a frente com as exigências do mercado internacional, tornando-as também mais competitivas no mercado interno e refletindo no desenvolvimento do setor moveleiro como um todo” argumenta.

Os Estados Unidos estão consolidados como o principal destino dos móveis brasileiros, sejam produzidos no polo de Bento Gonçalves, no RS ou no Brasil como um todo. Em se tratando da produção gaúcha, destaque também para bons resultados registrados no Chile, Peru, Uruguai, Reino Unido, Colômbia, Paraguai, Bolívia, Porto Rico e Panamá. A Argentina não aparece mais no ranking dos 10 principais importadores de móveis.

Principais destinos dos móveis produzidos no RS
EUA
Chile
Peru
Uruguai
Reino Unido
Colômbia
Paraguai
Bolívia
Porto Rico
Panamá

Exportações 2019/2021
(a entidade não compara com o ano-base de 2020, pois basicamente não houve embarques em virtude do auge da pandemia)
*2019*
BR – US$ 331.291.679
RS – US$ 90.709.913
Polo de Bento – US$ 21.158.715

*2021*
BR – US$ 467.765.944
RS – US$ 137.712.551
Polo de Bento – US$ 34.485.237

Fonte: Comex Stat. Dados apurados pela Inteligência Comercial da Movergs
Foto: Divulgação