Wine South America – Feira Internacional do Vinho – é lançada oficialmente em Bento

Feira de Vinhos2

A noite de sexta-feira, dia 2, foi marcada no Centro Empresarial de Bento Gonçalves, pelo lançamento da Wine South America – Feira Internacional do Vinho – será realizada de 26 a 29 de setembro de 2018, no Parque de Eventos da Fenavinho. Com a presença do governador José Ivo Sartori (PMDB), de dirigentes da Milanez & Milaneze, empresa promotora da feira e da italiana Veronafiere, deputados federais e representantes do setor vinícola, foi dado o pontapé inicial para a Feira.

Nesta semana foi anunciado o cancelamento da Expovinis, Salão Internacional do Vinho em São Paulo, o que aumenta ainda mais os olhares para a realização da feira em Bento Gonçalves. Idealizada para promover o consumo e a comercialização dos produtos e serviços da indústria vitivinícola brasileira e latino-americana, o encontro tem foco específico no fomento aos negócios. Isso significa aproximar o vinho nacional dos principais players mundiais do segmento.

A expectativa da Wine South America 2018 é reunir 10 mil visitantes (importadores, distribuidores, profissionais da área, apreciadores, consumidores, pesquisadores e estudantes) e 250 expositores, entre empresas produtoras nacionais e internacionais de vinho, fabricantes de máquinas e equipamentos, prestadoras de serviços e fabricantes de acessórios para o segmento. A feira abre espaço, também, para os produtores de café, de cachaças e destilados, e olivicultores.

Outro destaque dessa primeira edição serão as rodadas de negócios e o Projeto Imagem, em parceria com o Ibravin. O primeiro prevê a participação de compradores internacionais; já o segundo a vinda de jornalistas estrangeiros – ações combinadas abrindo mercado para negócios com países como Argentina, Chile, Uruguai, África do Sul, França, Itália, China, Portugal, Alemanha, Estados Unidos, Áustria, Suíça, Espanha, Austrália, Dinamarca e Grécia, dentre outros.

“É um desafio, mas um passo firme das entidades, empreendedores e organizadores. Tenho certeza que é um protagonismo diferente que vai ajudar a desenvolver ainda mais a cadeia produtiva da uva e do vinho”, destacou o governador José Ivo Sartori.

Para o presidente do Ibravin (Instituto Brasileiro do Vinho), Oscar Ló, “é um momento importante para o setor. No primeiro momento pode causar estranheza para alguns, pelos vinhos de outros países aqui, mas vamos mostrar a nossa força, qualidade e potencial. O que precisar é estimular e aumentar o consumo e a feira vai ajudar neste caminho”.

Há otimismo também para o município, que receberá um evento internacional no mês de setembro. “A comunidade italiana dá a Bento Gonçalves um evento que inicia muito grande, que representa hoje a maior feira do Brasil e da América Latina”, salientou o prefeito Guilherme Pasin.

“Vimos muito potencial e vamos usar nossa capacidade de fazer feira. Entendemos que é uma grande oportunidade de movimentar também o mercado brasileiro”, disse Maurizio Danese, presidente di Veronafiere.

Participaram da noite de lançamento dirigentes do Ibravin (Instituto Brasileiro do Vinho), representantes do setor, entidades parceiras, empresários, vereadores, prefeitos da região, Secretários Municipais, o deputado Afonso Hamm da presidência da Frente Parlamentar de Defesa e Valorização da Produção Nacional de Uvas, Vinhos, Espumantes e Derivados da Câmara dos Deputados e o deputado federal Mauro Pereira.

Parceira internacional anunciada em 2017

O potencial da cadeia vinícola brasileira chamou a atenção dos investidores italianos do Grupo Veronafiere, líder na realização de exposições na Itália e segundo em volume de negócios na Europa. Entre outras promoções, assina a Vinitaly, uma das principais feiras vinícolas do mundo. No Brasil, o grupo é representado pela Milanez e Milaneze S.A, à frente da organização da Wine South America 2018.

As tratativas para a realização do encontro no Brasil começaram ainda em 2017. No final daquele ano, o Governo do Estado do Rio Grande do Sul anunciou a confirmação da vinda do evento de negócios para a Serra Gaúcha. Desde então, o setor tem se mostrado otimista e receptivo com relação a feira, que já está confirmada para ocorrer anualmente em Bento Gonçalves, capital nacional do vinho.

Números do setor

Entenda por que o segmento do vinho no Brasil tem potencial para geração de negócios:

– O Brasil tem mais de 1.100 vinícolas, sendo 60% somente no Rio Grande do Sul. Isso faz do país o quinto maior produtor da bebida no hemisfério sul e maior produtor de vinho espumante da América Latina. São 270 milhões de litros de vinho produzidos.

– A produção vitivinícola no Brasil soma 83,7 mil hectares, divididos, principalmente, entre o Rio Grande do Sul (90%), Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo, Goiás; Bahia; Mato Grosso do Sul, Espírito Santo e Minas Gerais.

– No primeiro semestre de 2017, o Brasil exportou 1 milhão de litros, com volume de negócios na casa dos US$ 2,74 milhões. Bento Gonçalves (RS) é a maior exportadora de vinhos do Brasil, atendendo mercados como Paraguai, Estados Unidos, Japão, China, Reino Unido, Cuba, Chile, Angola, Uruguai, Bolívia, Suriname, Suíça, Bélgica, França e Alemanha.

– O Rio Grande do Sul é o maior produtor de uvas do Brasil, respondendo por 90% da produção de uvas destinadas ao processamento de vinhos, espumantes e sucos e também por, aproximadamente, 90% da elaboração de produtos vinícolas no país. Em 2016, o RS produziu 207 milhões de litros, considerando espumantes, vinhos finos, vinhos de mesa, entre outros produtos.

* Dados do Ibravin/2017

SERVIÇO:
O que: Wine South America 2018 – Feira Internacional do Vinho.
Quando: de 26 a 29 de setembro de 2018
Onde: Bento Gonçalves, RS
Informações: winesa.com.br

 

Fonte: Felipe Machado – Central de Jornalismo da Difusora

Fotos: Fabiano Mazzotti e Dani Barcellos/Palácio Piratini