Vinícola Aurora realiza evento na Embaixada do Brasil em Tóquio

Japao

Presente no Japão há 20 anos, empresa apresenta sua história e seus produtos para clientes em potencial naquele mercado.

A Vinícola Aurora realizou nesta quarta-feira (8 de novembro) seminário no Japão, na Embaixada do Brasil em Tóquio, em conjunto com o seu importador mais antigo naquele país, comprador dos produtos da Aurora há mais de 20 anos. O evento foi destinado aos seus clientes locais e a potenciais clientes, chefs de cozinha, compradores de lojas de bebidas alcoólicas e não alcoólicas. A programação incluiu apresentação da empresa, sua história e seus produtos, proferida por seu diretor-geral, Hermínio Ficagna, a gerente de Exportação e Importação, Rosana Pasini e o Secretário do Conselho de Administração, Arielson Benvegnú. Em seguida, houve a degustação de vários rótulos, como os espumantes da linha Aurora, os vinhos tintos e brancos das linhas Aurora Varietal e Aurora Reserva, com destaque para o lançamento Aurora Reserva Rosé, e sucos de uva integrais marca Aurora.

“O Japão representa 23,6% das exportações da Vinícola Aurora neste ano, de janeiro a outubro, afirma Rosana Pasini. “Temos grande potencial de aumentar nossas vendas para aquele mercado, tanto com nossos vinhos e espumantes quanto com nosso suco de uva integral”, adianta Rosana.

Prowein na China

Após a estada no Japão, Hermínio Ficagna, Rosana Pasini e Arielson Benvegnú seguem para a China, para a segunda participação consecutiva da Aurora na Prowein Shangai, a versão asiática da maior feira de vinhos da Alemanha (Prowein Dusseldorf), de 14 a 16 de novembro. http://www.prowinechina.com/en/. No estande Wines of Brasil, do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) com apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), a Aurora vai expor vinhos espumantes, tintos e brancos, além de sucos e coolers.

A Vinícola Aurora já exporta para a China há 3 anos, com dois importadores naquele país. “A Ásia representa mais de 35% das exportações da Aurora em 2017, e a China é responsável por 20% desse total até agora”, afirma Rosana Pasini. “Este ano já exportamos para China, Japão, Coreia do Sul e Taiwan”, explica Rosana, enfatizando a importância do mercado asiático para a vinícola. “Em 2016 a China foi o nosso maior comprador, responsável por 28,4% das nossas exportações no ano, e a Ásia tornou-se o continente maior importador da Aurora, respondendo por 45,19% das nossas vendas externas”, afirma.

Fonte: Vinícola Aurora