Vereadores aprovam afastamento de Sperotto da Comissão de Ética em Bento

Por 15 votos a favor e uma abstenção, os vereadores aprovaram em sessão ordinária na Câmara Municipal, na tarde de segunda-feira, dia 21, o afastamento do vereador Gustavo Sperotto (DEM), da Comissão de Ética da casa.

O Requerimento foi protocolado pelo vereador Moacir Camerini (PDT), que justificou a pedido devido a polêmica causada pelo vazamento de um áudio em que Sperotto conversa com moradores durante uma reunião e em dado momento comenta que vereadores estariam recebendo propostas de propina para aprovarem emendas relativas a revisão do Plano Diretor do município, que deve voltar a pauta nas próximos dias.

O vereador Sperotto, defendeu seu trabalho na relatoria da comissão e afirmou que o pedido de Camerini por seu afastamento teve motivos políticos – já que  o vereador do PDT foi recebeu uma censura escrita por falta em uma reunião da comissão de Saúde, pela própria comissão de ética – mas os vereadores aprovaram o requerimento de seu afastamento. A única abstenção na votação foi do próprio vereador Gustavo Sperotto, que disse não se sentir a vontade para votar devido ser citado na própria matéria. Os demais vereadores que forma a comissão devem indicar um novo nome nos próximos dias.