Vereador de Glorinha perde mandato por comprar votos com ranchos

urna-eletronica-mao

Ao acatar a ação de impugnação eleitoral ajuizada pela Promotoria de Justiça Eleitoral de Gravataí, a Justiça Eleitoral da Comarca determinou a perda do mandato do vereador eleito em 2016 para o legislativo de Glorinha Ademar de Oliveira. Ele também está inelegível pelo período de oito anos. A decisão foi proferida no último dia 4. Conforme a ação do MP, Ademar de Oliveira praticou irregularidades em sua campanha que caracterizam abuso do poder econômico, em evidente violação do princípio da isonomia.

A ação é assinada pela promotora de Justiça Juliana Nahas Gavião, com instrução da promotora Janine Rose Faleiro. Durante a campanha, em especial nos dias que antecederam as eleições, o então candidato a vereador efetuou compras no Supermercado Liceres, em Glorinha, distribuindo ranchos e produtos para várias pessoas, no interior e na parte externa do estabelecimento comercial. Ele foi visto comprando mercadorias e entregando a pessoas de baixa renda. Uma das testemunhas foi intimidada por ele e ameaçada caso delatasse o ocorrido ao MP. Da decisão, ainda cabe recurso.

Fonte: MP/RS