Vale dos Vinhedos supera 415 mil visitantes em 2017

Turismo Bento

A Aprovale (Associação dos Produtores de Vinhos Finos do Vale dos Vinhedos) divulgou dados que contabilizam os visitantes que passaram no roteiro enoturístico em 2017. Foram no total 415.957 visitantes, um aumento de 2% comparando com 2016 (410 mil visitantes).

A medição de fluxo turístico é realizada em pontos estratégicos do Vale dos Vinhedos: empreendimentos abertos a visitação turística – vinícolas e agroindústrias, e no Centro de Atendimento ao Turista do Vale dos Vinhedos, que além de contabilizar o número de pessoas, traça o perfil do visitante que passeia pela região.

Segundo os dados coletados, o perfil se mantém conforme os anos anteriores: a maioria casais ou famílias, provenientes na maior parte de cidades do Rio Grande do Sul, seguido de cidades dos estados de São Paulo, Santa Catarina, Rio de Janeiro e Paraná.

Em relação aos visitantes estrangeiros, assumem a lista os argentinos e uruguaios. A maioria continua utilizando a região como local de passagem, ou seja, permanecem apenas um dia visitando o Vale dos Vinhedos e atrativos de Bento Gonçalves e se hospedam em outras cidades, como Gramado e Canela. Mesmo assim ocorreu aumento no número de pessoas que permanecem mais de um dia na região em relação ao ano de 2016. A utilização de imóveis alugados como opção de hospedagem foi outro destaque da pesquisa.

Os meses de inverno (junho, julho e agosto) continuam sendo os mais movimentados do ano. Somente neste período o Vale dos Vinhedos recebeu aproximadamente 137 mil visitantes. Em seguida vem o período de Vindima, que recebeu cerca de 80 mil visitantes. Mas o mês de dezembro foi o grande responsável pela superação da marca esperada: foram 10 mil visitantes a mais do que 2016, principalmente acumulados no período de festas, em que o roteiro ofereceu diversas opções de pacotes diferenciados em hotéis e pousadas, e já se preparava para a colheita da uva com atrações diferenciadas nas vinícolas.

Segundo Márcio Brandelli, presidente da Aprovale, as dificuldades do mercado foram superadas com o enoturismo: “Mais um ano o Vale vem superando as dificuldades do mercado, e foi o turismo local que deu resultados positivos para todos os empreendedores. É necessário que continuemos com este foco do bem receber e investindo em infraestrutura para o turismo local se fortalecer cada vez mais.”.

Dentre os projetos para 2018, seguem em pauta a Ciclovia Vale dos Vinhedos, a Zona Franca Vale dos Vinhedos para Vinhos Brasileiros, a padronização da sinalização turística com colocação de novas placas, o pórtico de acesso ao roteiro, dentre outros.

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora com informações da Aprovale

Foto: Arquivo Rádio Difusora