UFRGS e Prefeitura de Farroupilha assinam Protocolo de Intenções para Parque Tecnológico da Serra

Foi assinado nesta segunda-feira, dia 27, um Protocolo de Intenções para a implantação de um Parque Tecnológico no município de Farroupilha, através de uma parceria com a UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul). Na ocasião também foi entregue ao Legislativo o Projeto de Lei que autoriza a doação do terreno para a Universidade, no bairro Cinquentenário (6,6 hectares). A Rádio Difusora antecipou a notícia ainda em janeiro deste ano, enquanto sem recursos para implantação do campus, o projeto surgiu como alternativa inicial de aproximação com a Serra Gaúcha.

O Escritório de Inovação Zenit centralizará e coordenará ações de fomento à educação empreendedora e criação de novos negócios inovadores. Mediante às melhores práticas desenvolvidas na academia e validadas pelo mercado, o Escritório buscará meios para proporcionar oportunidades de qualificação à população local, com foco na adoção, pelos cidadãos, de uma postura empreendedora frente aos desafios de suas atividades profissionais e habilitando-os a criarem novos negócios com potencial inovador para fomentar o desenvolvimento do município.

Na primeira etapa será desenvolvido o portfólio de serviços, que poderá ser operacionalizado tão logo o projeto seja aprovado. Para tanto, as ações de educação empreendedora, gestão da inovação e inovação aberta (através da conexão de empresas com laboratórios tecnológicos) serão realizadas em regime de projeto-piloto, com o propósito de sensibilizar e validar estas ações junto à população.

Já a segunda etapa se refere à implantação da infraestrutura física do Escritório de Inovação, indispensável à realização de serviços como incubação. Nesta fase serão realizados levantamentos e estudos preliminares, movimentações de terra, infraestrutura básica e construção de três edificações no terreno cedido pelo Município. A UFRGS, por sua vez, negociará o terreno que possui em Farroupilha em troca da construção das edificações. Projeta-se que o prazo da obra, desde o planejamento até sua execução, totalize 30 meses.

O diretor do Parque Zenit, Marcelo Lubaszewski, que chamou a instalação de “Marco Zero da UFRGS na Serra”, destacou a importância de mais um instrumento de educação aliado à inovação para transformar uma sociedade.

“Tivemos um longo caminho até chegar aqui, recebendo muitas pessoas que nos provocaram a aceitar esse desafio. Nós chegamos em Farroupilha com o nosso melhor, que é nossa capacidade de empreender, produzir pesquisa e tecnologia. Somos uma universidade pública, gratuita e temos responsabilidade com todos. Sinto uma grande felicidade por estar aqui e saber que o que vamos fazer é o que tem de mais contemporâneo e inovador e estamos fazendo isso onde esse potencial será fértil”, ressaltou o reitor Rui Vicente Oppermann.

O prefeito de Farroupilha, Claiton Gonçalves agradeceu o empenho de todos que participaram da conquista para a serra gaúcha, reforçando a necessidade do investimento em educação para o avanço de uma sociedade. “ A educação é a única forma de alcançar a cidadania e construir uma sociedade. A UFRGS está se instalando na serra, justamente onde está o Instituto Federal, a Universidade de Caxias do Sul, entre outros equipamentos que somam esforços para a formação e construção de futuro da serra gaúcha”, comemorou.

 

Fotos: Caiani Lopes

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora com informações da UFRGS e Prefeitura de Farroupilha