UFRGS apresenta projeto para implantação do Parque Zenit na serra gaúcha

Os prefeitos de Farroupilha e de Flores da Cunha, respectivamente Claiton Gonçalves e Lídio Scortegagna, foram recebidos nesta terça-feira, 4 de fevereiro, na Reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Sul para conhecerem o anteprojeto das instalações do Parque Tecnológico Zenit da UFRGS na serra gaúcha, a ser instalado em área doada pelo município de Farroupilha em 2019.

Priorizando a funcionalidade para a promoção da inovação e do empreendedorismo e a sustentabilidade, o projeto contempla quatro edificações que somam cerca de 12 mil metros quadrados. O prédio principal terá seis pavimentos com espaços flexíveis que permitem a instalação de startups e grupos de pesquisa em espaços privativos ou em áreas de coworking.

A engenheira Magda da Silveira Elkfury, da Superintendência de Infraestrutura da UFRGS (Suinfra), apresentou o anteprojeto e salientou as características concebidas para que o espaço seja um local de inspiração e promoção de novos negócios. A diretora em exercício do Parque Zenit, Daniela Brauner, adiantou que a ideia é incentivar a colaboração e fomentar a inovação no novo espaço.

O reitor Rui Vicente Oppermann disse que há grande potencialidade na serra gaúcha para o tipo de projeto que está sendo proposto. Conforme Oppermann, a UFRGS vai buscar ampliar o apoio com todos os segmentos – governos, parlamentares, empresariado e sociedade – para viabilizar a instalação da Universidade na região. Uma das frentes de atuação, segundo o reitor, é a mobilização para obtenção de recursos públicos e privados.

“Com a cooperação da AMESNE (Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste) e da comunidade nós vamos buscar esses recursos”, disse. Oppermann afirmou ainda que a unidade do Zenit em Farroupilha vai espraiar a visão empreendedora em toda a região.

Representando a AMESNE, o prefeito de Flores da Cunha, disse que a ideia é uma grande oportunidade para a serra. “Estamos no caminho certo”, avaliou Scortegagna. O prefeito de Farroupilha disse que a UFRGS está chegando no momento certo, com uma proposta que se diferencia do tradicional, alinhada com o momento econômico do mundo, que exige reinvenção, pesquisa e inovação, além da formação profissional. O superintendente da Suinfra, José Ângelo Zuanazzi, também destacou a concepção inovadora da unidade, com potencial para reunir pessoas e fomentar a criação.

Também participaram da reunião a vice-reitora Jane Tutikian, o chefe de Gabinete João Roberto Braga de Mello, a vice-superintendente da Suinfra, Camila Simonetti, o arquiteto da Suinfra Carlos Renato Gomes e o secretário executivo da AMESNE, Sérgio Rasador.

 

Fonte: UFRGS