UCS – Curso de Administração celebra 50 anos

O curso de Administração da Universidade de Caxias do Sul completa 50 anos em 2018, cinquentenário que, para além da Instituição, reflete positivamente em toda a região, devido ao legado de desenvolvimento impulsionado pelos mais de 12 mil profissionais formados nessa trajetória de ensino.

A celebração ocorre no mês de setembro, em que é comemorado o Dia do Administrador. No dia 26, às 19h45min, no UCS Teatro, no Campus-Sede, a UCS receberá o XVI CIDEAD – Ciclo de Debates de Administração do RS. Realizado pelo curso de Administração em conjunto com o Conselho Regional de Administração-RS, o evento prestará homenagens aos pioneiros do curso – egressos e professores – e terá uma palestra, aberta ao público, sobre “Administração no Ecossistema de Inovação”, com o professor Jefferson Marlon Monticelli. As inscrições são limitadas.

As comemorações dos 50 anos do curso também já foram festejadas na Semana Acadêmica dos Cursos da Área de Negócios, na Semana Municipal de Administração, e no último concerto da Quinta Sinfônica.

Desenvolvimento e reconhecimento

Primeira graduação a atender às demandas específicas de conhecimento em gestão em toda a região – e única até a década de 1990 –, o curso de Administração da Universidade de Caxias do Sul iniciou suas atividades em 1968, com o primeiro vestibular em fevereiro, ainda sob o âmbito da Faculdade de Ciências Econômicas, que mais tarde passou a denominar-se Faculdade de Ciências Econômicas e Administrativas. Sua criação foi autorizada pelo Conselho Superior Universitário da UCS em 2 de dezembro de 1967, cerca de dois anos após a regulamentação da profissão de Técnico de Administração. A primeira turma de egressos colou grau em dezembro de 1971, e o curso foi reconhecido pelo Ministério da Educação e Cultura em 1975, pelo decreto nº 75.344. Originalmente sediadas em um prédio na Rua Os 18 do Forte, no final da década de 70 as aulas passaram a ser oferecidas no Bloco F do Campus-Sede da UCS. Modernizado e ampliado, o Bloco F continua sendo o coração das atividades de ensino, pesquisa e extensão na área da Administração.

O professor Marco Aurélio Bertolazzi, atual coordenador do curso, destaca entre os nomes relevantes na trajetória de 50 anos de atividade o professor Nelson Goulart Ramos, que atuou na implementação da formação em Caxias do Sul tornando-se o seu primeiro coordenador, Valter Romeu Casara (in memoriam), um dos primeiros professores do curso, e Ivonne Assunta Cortelletti, que foi diretora do Centro de Ciências Sociais, ao qual o curso estava vinculado, e teve um papel importante na sua evolução pedagógica.

O coordenador também evidencia o pioneirismo da criação do curso de Administração no cenário do ensino superior brasileiro. “Quando autorizado, em 1967, havia apenas 35 ofertas de cursos de graduação nessa área em todo país”. Hoje, segundo ele, a tradição da Universidade na formação em Administração segue refletindo qualidade de ensino perante uma presença estimada de cerca de 1,5 mil cursos no Brasil, figurando entre os 50 melhores colocados do país e os cinco primeiros do Rio Grande do Sul no Ranking Universitário da Folha RUF 2017. O curso de Administração da UCS recebeu a nota máxima na última avaliação in loco do Ministério da Educação, se sobressai pelos resultados positivos no Enade e, por três vezes, já conquistou o selo cinco estrelas do Guia do Estudante Abril.

O curso de Administração tornou-se determinante para o ensino de gestão na região”, considera o professor, pontuando diferenciais de origem, como uma matriz curricular moderna e a dedicação dos primeiros professores, que se especializavam alinhando-se às melhores práticas profissionais. A evolução impulsionada ecoou nas organizações da região, que contam com empresários, gestores e executivos graduados pela Universidade. Hoje, todos os campi da UCS oferecem o curso de Administração nas modalidades presencial, semipresencial e com a perspectiva de uma oferta totalmente a distância. Depois de 50 anos, o curso de Administração continua formando profissionais com atuação reconhecida, dentro e fora do país.

Pesquisa, empreendedorismo e conexão com mercado

Desenvolvendo o pensamento de gestão no âmbito regional e tornando-se referência em ensino, pesquisa e extensão, a área da Administração ampliou suas ações e programas de ensino, sendo responsável por um expressivo portfólio de cursos de extensão e especialização e deu origem, em 2006, à implantação do Programa de Pós-Graduação em Administração, que hoje se consolida com a oferta de um mestrado e um doutorado. A habilitação em Comércio Exterior, implantada na década de 1990, como uma oferta de graduação na área da Administração, deu origem ao bacharelado em Comércio Internacional.

A pauta do empreendedorismo foi cultivada no curso de Administração, conforme conta o coordenador, a partir da disciplina Administração de Novos Negócios, que ele considera a primeira iniciativa do gênero na Instituição. Hoje, empreendedorismo e inovação são conteúdos transdisciplinares e se ramificam em todas os cursos da Universidade e também em áreas e projetos específicos, como o Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação (TecnoUCS) e o StartUCS, programa de incentivo à criação de novos negócios focados em tecnologia e inovação. “Muitos egressos tornaram-se empreendedores”, afirma Bertolazzi, lembrando, ainda, do público de alunos que ingressou para cursar uma segunda graduação, buscando suporte para a condução dos negócios familiares.

Atualmente, parcerias com entidades como o Conselho Regional de Administração do Estado do Rio Grande do Sul, com a Associação dos Administradores da Região Nordeste do Estado do Rio Grande do Sul – Aanergs, entre outras instituições e organizações, ajudam a manter os acadêmicos em contato com tendências e demandas do setor. Essa conexão também é proposta pelo corpo docente, cuja qualificação denota equilíbrio entre vivência acadêmica e mercado de trabalho.

Ampliação do conhecimento
Adaptada às características do mercado, que congrega várias gerações de administradores trabalhando em conjunto, e ao perfil do acadêmico atual, o curso de Administração contribui para a formação de profissionais generalistas na gestão para atender à amplitude da área, incluindo a qualificação técnica-operacional, humana, ética e crítica. “O ensino estimula a pensar sobre a contribuição das organizações para a sociedade, considerando que nem sempre as práticas adotadas pelas instituições em que os administradores atuarão são as mais adequadas”, enfatiza o coordenador. Também, as possibilidades didático-pedagógicas propostas a partir da reestruturação curricular dos cursos de graduação, implementada neste ano, conectam-se ao cenário educacional e empresarial.

Analisando a trajetória do curso no qual se graduou na UCS, em 1980, no qual logo ingressou como docente e que hoje coordena, o professor Bertolazzi pontua a evolução representada pela ampliação do conhecimento e do potencial crítico – que se traduz pela pesquisa, pela publicação de livros, trabalhos e artigos científicos, inclusive em revistas internacionais do segmento. Os resultados se apoiam no universo de possibilidades oferecidas pela estrutura da Universidade, como o acesso a bibliotecas com ampla variedade de livros e periódicos, os eventos, as experiências internacionais, estágios, pesquisa, especialização e uma programação permanente de atividades de extensão disponíveis à comunidade, que promovem a socialização de conhecimentos em diversas áreas de atuação da Administração.