TranspoSul encerra com aumento de público e de vendas em Bento

O Parque de Eventos de Bento Gonçalves (Fundaparque), recebeu milhares de pessoas entre empresários do setor, profissionais autônomos e colaboradores dos segmentos de transporte e logística. A expectativa da organização do evento é que a 21ª Feira e Congresso TranspoSul, realizada entre os dias 5 e 7 de junho, tenha superado a marca de R$ 250 milhões em negócios. Os números foram acima do esperado, motivados, principalmente, pelo otimismo no setor.

– Tivemos um bom número de visitantes no primeiro dia e no segundo dia, ele triplicou. Do ponto de vista de negócios, chamou a atenção a expectativa das empresas em um mercado crescente. Quem não tiver planejamento adequado, vai ficar sem caminhão. Temos a certeza que se a economia subir dois ou três por cento no PIB, haverá falta de caminhões nos estoques – afirmou o presidente do SETCERGS, João Jorge Couto da Silva.

Durante a solenidade de abertura, realizada na quarta-feira (05/06) representantes de diversas entidades do setor apontaram como elementos fundamentais para que esse cenário de otimismo se concretize, a aprovação das Reformas Previdenciária e Tributária. O presidente do SETCERGS, João Jorge Couto, também destacou o aspecto positivo da presença significativa de jovens empresários no evento.

– Hoje, 52% da diretoria é formada por jovens empresários que acreditam no setor e investem na capacidade intelectual. São os futuros dirigentes do setor e queremos eles conosco. Pessoalmente, estou sendo agraciado. Fiz agora 45 anos de transporte, sou filho de caminhoneiro e tenho orgulho disso. Foi ele que me colocou dentro do meio. Comecei limpando banheiro e vestiário e, agora, represento um setor e um sindicato que tem a responsabilidade e a respeitabilidade nacional e internacional. Me atrevo a dizer que somos o segundo sindicato do Brasil na força e na estrutura – disse emocionado.

O presidente da Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Rio Grande do Sul (Fetransul), Afrânio Kieling, falou do impacto que a política exerce no setor.

– Imaginávamos que Bolsonaro iria virar a chave e o Brasil se transformaria num caminhão moderno que temos aqui hoje nessa exposição. Mas as coisas não são bem assim. Tivemos 20 anos de atraso, de coisas não muito claras, e nesse momento, alguns estão criticando o governo. Eu também critico. Reforma Tributária se faz necessária nessa país. Queremos parar com esses penduricalhos, pois são quase duzentas taxas que pagamos para transportar a riqueza do Brasil – discursou.

No âmbito estadual, Afrânio destacou a necessidade de reduzir a burocracia.

– É muita taxa e muito papel. Os investidores não querem burocracia. Temos que discutir o ICMS e queremos ser ouvidos – completou.

O governador em exercício do Estado do Rio Grande do Sul, Delegado Randolfo Vieira Júnior, que participou da solenidade de abertura na quarta-feira (05/06), destacou a maior marca do governo em sua visão que tem sido o diálogo e o respeito.

– Já aprovamos a retirada do texto da Constituição Estadual do RS da realização de plebiscito de três estatais gaúchas. Avançamos em curto espaço de tempo em pautas fundamentais. Na semana passada apresentamos os projetos de lei para venda da CEEE e da Sulgás e a expectativa é votar até o dia 9 de julho, antes do recesso. Feito isso, não temos dúvida de que, no segundo semestre, assinaremos na União, o Regime de Recuperação Fiscal e o Rio Grande do Sul poderá pensar a investir nas áreas prioritárias que são educação saúde e segurança pública – afirmou.

Ao todo participaram do evento mais de cem empresas expositoras e a estimativa é que o movimento de público tenha ficado próximo de 14 mil pessoas, entre visitantes e congressistas, também superando a marca no ano passado que foi de 12 mil pessoas. A TranspoSul é promovida pelo SETCERGS – Sindicato das Empresas de Transporte de carga e Logística do RS.

A comercialização de espaços na Feira de 2020 foi outro aspecto positivo. Durante o evento, foram fechados já espaços de aproximadamente 80% da edição do ano que vem que será realizada novamente em Porto Alegre (RS), cumprindo a característica itinerante do evento.

Fonte: Assessoria de Imprensa / Transposul

Fotos: Felipe Machado – Rádio Difusora