Superintendente do Hospital Tacchini anuncia mais 10 leitos de UTI em Bento

Nesta quinta-feira, dia 18, o Hospital Tacchini colocou à disposição mais 10 leitos de UTI adulto. Dessa forma, a instituição passa a contar com 50 unidades, das quais 23 são destinadas a pacientes SUS. A informação foi anunciada pelo superintendente do hospital Hilton Mâncio. Todas elas possuem leitos de isolamento, ou seja, estão habilitadas para receber pacientes com suspeita ou confirmação de COVID-19.

Desde o início da pandemia, o hospital planejou ações para diversos cenários possíveis, ativando gradativamente as estruturas conforme o avanço da doença. A ampliação dos serviços para 50 leitos de UTI Adulto fazia parte do panorama mais crítico e, apesar da situação epidemiológica de Bento Gonçalves e da região não apontarem para essa direção, o Tacchini decidiu realizar a abertura de mais vagas.

De acordo com o superintendente da instituição, Hilton Mancio, a decisão leva em conta o sistema de bandeiras implementado pelo governo do Estado. “Esse modelo parte de uma premissa que é necessário ter uma estrutura disponível para lidar com a pandemia. À medida que ela fica próxima do seu limite de utilização, há risco de sobrecarga no sistema de saúde, nos levando a uma situação como a que vivemos no último sábado”, afirma ele, referindo-se à mudança de cor da bandeira da região da serra, de laranja para vermelho.

Ainda conforme Mancio, a abertura dos 10 novos leitos implica em uma série de mudanças internas no hospital, uma vez que além dos equipamentos, é preciso disponibilizar equipes de saúde completas para atuar na nova estrutura. “A ativação de uma estrutura de UTI desse porte nos obriga a colocar nossa diretora técnica, Dra. Roberta Pozza, na linha de frente. O mesmo para nossa infectologista, Dra. Nicole Golin. Elas vão se juntar a outras dezenas de profissionais que estarão à postos para receber novos pacientes”, destaca.

O esforço realizado pelo hospital na abertura faz parte de um planejamento traçado em conjunto com a prefeitura de Bento Gonçalves, visando oferecer todas as condições para que a serra gaúcha esteja melhor coberta em sua estrutura de saúde e, consequentemente, possa disponibilizar à sua população um retorno gradual aos serviços com total segurança.

Fonte: Assessoria Tacchini Sistema de Saúde