Sindilojas Regional Bento prestigia lançamento de e-commerce da Fecomércio contra a pirataria

sindilojas2

O Sistema Fecomério-RS lançou nesta semana o portal www.opiratahonesto.com.br, o qual tem por finalidade mostrar ao internauta o quanto a compra de produtos pirateados e/ou falsificados prejudica a ele e, também, a toda população, diante do não recolhimento de impostos. Na ocasião, o presidente do Sindilojas, Daniel Amadio, esteve presente, uma vez que ele é vice-coordenador da Comissão de Combate à Informalidade (CCI) da Fecomércio. “Este ano, por exemplo, tivemos o lançamento da cartilha, voltada ao público infantil e que tem o mesmo objetivo. Mostrar o quanto a informalidade nos traz prejuízos. Agora, com o portal, vamos atingir aquele público que compra pela internet e mostrar a todos nosso recado”, explica

O portal – O site www.opiratahonesto.com.br oferece os principais produtos pirateados ou contrabandeados, como joias, relógios, celulares, DVDs, óculos, perfumes, tênis e vestuário. Assim como qualquer outra plataforma, oferece preços atrativos, os quais variam de R$ 2,00 a artigos com preços acima de R$ 15,00. O diferencial está na não concretização do negócio. Conforme a Fecomércio, ‘ao clicar em ‘comprar’, o usuário ingressa em outro ambiente, sendo informado que se trata de uma plataforma pirata, com produtos falsificados’. “Ou seja, o carrinho de compras do usuário não será finalizado e ele será remetido a um outro ambiente que mostra o quanto a informalidade prejudica o país”, explica Amadio.

Além do ambiente virtual, a Fecomércio realizou a entrega de panfletos nas ruas de Porto Alegre, alertando sobre os prejuízos da pirataria e do contrabando para a economia e a saúde de quem compra.

Dados da entidade, mostram que só no Estado, a informalidade movimentou cerca de R$ 52 milhões em 2016. Na economia brasileira, pirataria se equivale a 16% do PIB nacional, o mesmo que R$ 900 bilhões em riquezas retiradas todos os anos dos brasileiros.

 

Fonte: Sindilojas Bento