Serviço de táxi aéreo de Bento a Porto Alegre deve ser retomado em março

Depois da apresentação de um novo projeto de serviço de táxi aéreo para Bento Gonçalves, em setembro do ano passado, com vôos experimentais, a empresa Air Sul iniciou a operação no aeródromo com o trecho Bento/Porto Alegre. Contudo, no final do ano, com menos demanda, houve a interrupção.

O diretor da empresa, Adriel Arruda, em entrevista para Rádio Difusora 890 AM, informou que a expectativa é de retomar a operação na segunda quinzena de março. “Toda a implantação de um sistema aéreo é complexo, tem que criar um hábito nas pessoas”, afirmou.

Ele disse que a demanda corporativa nas segundas-feiras para a Capital teve melhor resposta do que na sexta, porém, o retorno para a Serra se dissipava.

“Estamos buscando alternativas para alinhar o corporativo e o turismo”, acrescentou. A empresa negocia com a direção da FIMMA – Feira internacional de Máquinas, Matérias-primas e Acessórios para a Indústria Moveleira- na perspectiva de retomar com fluxo de pessoas. A feira ocorre de 28 a 31 de março.

Os voos da empresa de Bento Gonçalves até Porto Alegre tem o custo da passagem de R$ 199,00 para uma aeronave de 18 lugares e com bagagem de até 21 kg.

A perspectiva para o turismo com a implantação do táxi aéreo é de aumentar em 25% a oferta de leitos na rede hoteleira nos próximos três anos, atingindo 4 mil leitos. Além disso, alavancar os índices na Pesquisa dos Destinos Indutores do Turismo do Brasil, onde Bento Gonçalves é o 11º colocado no País.

Recentemente, o prefeito Guilherme Pasin cumpriu agenda em Brasília com o objetivo da busca de recursos para o projeto de construção de um terminal de passageiros.

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora