Serra Gaúcha mostra a identidade raiz com eventos no mês de maio

Bento Gonçalves e Monte Belo do Sul têm festividades para exaltar o colono e seus hábitos

Nada supera a combinação entre vinho e polenta na representação da herança colona dos imigrantes italianos na Serra. Além de alimentos-sínteses da região, são representações identitárias indissociáveis da paisagem humana do lugar. Os municípios de Bento Gonçalves e Monte Belo do Sul exaltam, respectivamente, esses elementos em duas grandes festas para reverenciar um momento “gringolândia” raiz, entre os dias 20 e 22 de maio.

Enquanto Bento Gonçalves saúda os visitantes com a 17ª Fenavinho e sua agenda de Vinho Encanado, Jogos Coloniais e Desfile Cultural entre 20 a 22 de maio, a vizinha Monte Belo do Sul engrena a programação do 11º Polentaço nos dias 21 e 22 do mesmo mês.

É uma grande oportunidade para vivenciar a face mais genuína da formação da cultura regional, cujo conjunto de saberes e fazeres tem na enogastronomia um de seus traços mais vívidos. Mas se isso é o legado do esforço laboral nas parreiras e das “mammas” cozinhando no fogão a lenha, a presença italiana também transmitiu uma faceta para contrapor a lida dura nos terrenos acidentados da Serra, expressa na alegria dos jogos e das cantorias.

Um pouco disso tudo poderá ser vivenciado por quem visitar a região nesses dias. E o melhor é que não há nem desculpa para ir em só um dos municípios para aproveitar. Bento Gonçalves e Monte Belo estão separados por menos de 20 quilômetros e, como se não bastasse, boa parte desse trecho é percorrido em meio ao idílico cenário do Vale dos Vinhedos.

Em Bento Gonçalves, a 17ª Fenavinho ganha sua representação máxima com a promoção do Vinho Encanado, durante três dias na Via del Vino. A programação no marco zero do município fará a alegria dos visitantes com o vinho sendo tirado direto de torneiras para as taças – veja detalhes abaixo.

Tudo isso ocorre em meio a uma agenda de shows que inclui o tenor Dirceu Pastore, o humorista Badin e a montagem teatral com o casal colono mais famoso da Serra, Radicci e Genoveva, baseada nas tirinhas do cartunista Iotti.
Mas a diversão também estará garantida com outras atrações, como o hilário Jogos Coloniais. No dia 21, apenas os “atletas” mais bem classificados nas etapas distritais da competição disputam a finalíssima dos jogos nas impagáveis provas de Arremesso de queijo; Corrida de carriola; Corrida de barricas; Fazendo bigoli; Cabo de guerra; Jogo de ferradura; Encher garrafão com taça; e Mini 48.

O campeão do certame, no entanto, precisará se dar bem também numa nona prova, que ganha cartaz no dia 22, o Desfile Cultural. Outra dos grandes marcos, o desfile reúne as comunidades do interior exibindo suas origens herdadas dos imigrantes. Neste ano, cada um dos quatro distritos apresentará um desfile temático.

A Saída e a Chegada dos imigrantes será o tema do Vale dos Vinhedos. O distrito de Faria Lemos mostrará os Saberes e Fazeres e a Diversão. Para Tuiuty foi reservada a representação do Vinho e da Gastronomia, enquanto para São Pedro coube a tarefa de trabalhar a Fé e o Trabalho no Campo. Todos eles terão que levar à avenida dois carros e, ao menos, duas alas cada.

Esse clima de italianidade também reverbera em Monte Belo. O ex-distrito de Bento Gonçalves apresenta sua festa dedicada à polenta, alimento que manteve a força do imigrante enquanto desbravava o novo mundo. O 11º Polentaço, na praça central do pequeno município, distribui 1,6 mil kg de polenta ao público, de forma gratuita.

Em cada dia do evento são produzidos 800kg do alimento, e é exatamente quando a mistura de farinha de milho, água e sal fica pronta que ocorre o símbolo máximo dessa festa.
A transferência da iguaria do tacho, onde ela é preparada, para um recipiente gigante, onde depois é fracionada em porções, coberta com molho e distribuída aos visitantes, é conhecida como tombo da polenta. Dois são os momentos agendados para assistir a esse tombo, sábado, dia 21 de maio, às 14h45min, e domingo, dia 22, às 14h30min.

Outra curiosidade desse evento é a exposição de esculturas feitas com polenta. Para além do inusitado da proposta, a mostra tem premiação e os vencedores recebem troféus. O 11º Polentaço, que neste ano tem como atração simultânea a 9ª Festa do Agricultor, também é uma iniciativa para promover e valorizar a produção local. Espalhadas ao redor da Praça Padre José Ferlin, onde ainda é montado o palco para as atrações artísticas, barracas comercializam vinhos, espumantes, produtos coloniais e artesanato, oferecendo um panorama das riquezas do município.

Mais atrações em junho, com a ExpoBento

O calendário de atividades movimentado da Serra reserva mais entretenimento para junho. Bento Gonçalves promove, entre os dias 9 e 19 de junho, a 30ª ExpoBento, no Parque de Eventos. O evento receberá mais de 450 expositores e terá mais de 120 atrações artísticas, entre elas nomes como Raça Negra, Fernando & Sorocaba, Família Lima e Comunidade Ninjitsu.

Em meio a nichos temáticos como Mundo da Moda, Espaço Variedades, Salão do Imóvel, Arena Gastronômica, Espaço Kids, Agroindústria, Espaço Empresas e Entidades, entre outros, a ExpoBento também abre espaço para exaltar a cultura dos imigrantes. A Fenavinho montará por lá sua Vil Típica, um espaço para celebrar as reconhecidas vinícolas locais, degustar a gastronomia regional e se divertir com atrativos artísticos-culturais.

SERVIÇO

Em Bento Gonçalves

O quê: 17ª Fenavinho, com Vinho Encanado, Jogos Coloniais e Desfile Cultural

Quando: de 20 a 22 de maio

Onde: Via del Vino, no centro de Bento Gonçalves

Quanto: acesso gratuito

Atrações Vinho Encanado

Dia 20 de maio

18h: Abertura

19h: Trebbiano

21h: Dirceu Pastori, Caroline Gombato e Banda

Dia 21 de maio

15h10: Jogos coloniais

17h: Paloma e Miqui

19h: Beto Malheiros e Família Gaúcha

21h: Badin, o Colono

Dia 22 de maio

15h: apresentação teatral Radicci e Genoveva

17h: Desfile Fenavinho Cultural

19h: Orquestra de Teutônia

21h: Rodrigo Soltton

Valores Vinho Encanado

Vinho Moscato (dose de 150 ml): R$ 8,00

Vinho Merlot (dose de 150 ml): R$ 10,00

Taça de acrílico: R$ 10,00

Combo Taça + dose de vinho (branco ou tinto): R$ 15,00

Em Monte Belo do Sul

O quê: 11º Polentaço

Quando: dias 21 e 22 de maio

Onde: Praça Padre José Ferlin, em Monte Belo do Sul

Quanto: entrada franca

Atrações

Dia 21 de maio

13h: show com Caroline Razador

14h: grupo de dança italiana Stella D’Italia

14h45: Tombo da Polenta Gigante

15h: Fanfarra Bersaglieri (Orquestra de Sopros de Faria Lemos)

16h15: grupo de danças italianas La Barca

17h: Musical Partigiani

19h30: Simão Wolf Show

21h30: Banda Nova

Dia 22 de maio

12h: corais Musicando Melodias e Alegria de Cantar (espetáculo artístico Monte Belo)

13h30: Grupo Vicentino

14h30: Tombo da Polenta Gigante

14h45: banda Barbarella

16h45: Mabolebo Latino América Dança Show

18h: Ragazzi dei Monti

Fonte: Exata Comunicação