Senai apresenta soluções para indústria moveleira na Fimma 2019

Evento segue até esta sexta-feira em Bento Gonçalves

Quinze alunos do curso de Aprendizagem em Marcenaria do Instituto Senai de Tecnologia em Madeira e Mobiliário estão fazendo estantes, mesas, cadeiras e armários para quatro ambientes de uma instituição de caridade de Bento Gonçalves, durante a  Fimma Brasil 2019 – Feira Internacional de Máquinas, Matéria-Prima e Acessórios para a Indústria Moveleira, que encerra nesta sexta-feira, dia 29 de março.

Trata-se do Fimma Marceneiro, que conta ainda com dois especialistas, para coordenar a fábrica em tempo real. Em sua terceira edição, o Fimma Marceneiro é apenas um dos projetos que o Senai está participando no evento. Fábrica em Ação e Mobstone também têm interação com o instituto.

O Instituto Senai de Tecnologia em Madeira e Mobiliário fez o alinhamento dos produtos para processos e fornecedores, elaborou o layout da  Fábrica em Ação, promovida pela Associação dos Fornecedores para as Indústrias de Madeira e Móveis Affemaq –, uma fábrica em pleno funcionamento, produzindo móveis seriados em tempo real. Dois técnicos do Senai coordenam a produção, que conta com dez alunos , e apoiam nas explicações da visita guiada.

No Mobstone, a participação do IST é pelo analista Augusto Crespi, desenvolvedor de um dos projetos que será apresentado durante a exposição, promovida pela Associação das Indústrias de Móveis do Estado do Rio Grande do Sul (Movergs), com apoio do Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindimóveis). A empresa parceira é a Móveis Heitor, de Paraí-RS, que expõe a coleção Louvre desenvolvida pelo designer do Instituto.

O estande do Instituto apresenta cursos e capacitações profissionais além de soluções para empresários e fornecedores. O diretor da Akeo Industrial, Ivânio Ariolli, ressalta que o Senai dá oportunidade de avançar na área de inovação. Ele cita o projeto que está em andamento no Instituto, aprovado no Edital de Inovação na Indústria. “Temos uma parceria de muito tempo com o Senai e este projeto nos proporciona fazer um dispositivo que vai facilitar a montagem de um móvel”.

O presidente da Movergs, Rogério Francio, explicou que a Fimma dá oportunidade aos expositores e visitantes de conhecer as novas tecnologias que estão sendo usadas na indústria de móveis. “A indústria 4.0 é uma tendência mundial e está presente também neste setor. As empresas devem conhecer e estar preparadas para a nova realidade”, afirma.

A Feira Internacional de Máquinas, Matéria-Prima e Acessórios para a Indústria Moveleira – Fimma Brasil 2019 – tem 380 expositores, sendo 35% presentes pela primeira vez, de 30 países. A estimativa é que até o final da sexta-feira, 25 mil visitantes, que gerem US$ 290 milhões.

Fonte e foto: Imprensa FIERGS