Seduc divulga comunicado sobre estudo de reformulação das CREs

IMG_9765

Depois de muitos questionamentos de profissionais ligados à Educação da possibilidade de desativação de CREs (Coordenadorias Regionais de Educação), pós entrevista do secretário Faisal Karam na Rádio Difusora, o Palácio Piratini divulgou um comunicado oficial.

Conforme a Secretaria da Educação (Seduc) são 29 Coordenadorias Regionais de Educação (CREs) e a Divisão Porto Alegre (DPA). O sistema foi criado antes dos anos 2000 para agilizar a comunicação entre a Seduc, com sede em Porto Alegre, e as mais de 2,5 mil escolas da rede estadual. Suas diretrizes e atuação são baseadas em formas de comunicação anteriores a adventos como celular, e-mail e, sobretudo, mídias sociais.

Baseado nisso, a Seduc informa que:

1 – A estrutura atual das CREs precisa ser otimizada para que gere ainda melhores resultados sem onerar os cofres públicos. Os modernos meios digitais de comunicação fazem com que, na Secretaria da Educação, seja possível uma estrutura mais leve e capaz de gerar melhores resultados em tempo mais curto.

2 – O estudo é preliminar. Por isso, a estrutura de Coordenadorias a ser montada não está definida no que diz respeito à quantidade de sedes e de servidores. A reformulação leva em conta benefícios pedagógicos, estruturais e nos recursos humanos.

3 – A reforma no sistema é uma necessidade para uma rede que teve, nos últimos 15 anos, uma redução de cerca de 600 mil alunos na rede pública estadual. Vai ajudar a enxugar a máquina pública e ainda trazer benefícios para toda a comunidade escolar.

4 – Com as demais secretarias estaduais, estamos buscando a viabilidade de concentrarmos em locais únicos os diversos serviços ofertados pelo Estado.

5 – Estão sendo avaliadas formas de gestão otimizada em todas as áreas da Seduc, um compromisso do governo estadual. Transporte de alunos, realocação de servidores e todas as formas de redução de custos, sem perda na qualidade de serviço, serão adotadas.

 

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora

Na foto, a 16ª CRE, com sede em Bento Gonçalves