RGE alerta profissionais da construção civil para os perigos com a rede elétrica

Campanha Guardião da Vida tem como objetivo reduzir os índices de acidentes. Só neste ano já aconteceram 5 casos

Os trabalhadores da construção civil estão entre os que mais correm riscos com acidentes elétricos, principalmente os que atuam em reformas e manutenção predial. Pedreiros, calheiros, pintores, colocadores de painéis e outros profissionais trabalham geralmente em locais que ficam perto de fios e equipamentos elétricos. Nessas circunstâncias é necessário tomar todos os cuidados, usar equipamentos de proteção e evitar ficar muito perto da rede.

Levantamento feito na área da RGE aponta que o número de acidentes com a rede elétrica envolvendo esses trabalhadores é relevante. De janeiro até agora foram cinco acidentes, sendo um fatal e um grave. E no ano de 2018 ocorreram 16, sendo três fatais e três graves.

Para evitar que outros acidentes aconteçam, o Grupo CPFL desenvolve campanhas permanentes de alerta e orientações. Desde o começo de 2019 está em andamento a campanha “Guardião da Vida”, voltada aos 2,9 milhões de clientes nos 381 municípios da área de concessão da RGE, incluindo os trabalhadores da construção civil.

O objetivo é conscientizar a população para os perigos que o mau uso da energia elétrica pode representar e a importância de se tomar todos os cuidados, reforçando os cuidados com a saúde e a segurança no trabalho. Quem quiser saber mais pode acessar www.guardiaodavida.com.br, onde é possível ver dicas e orientações para o dia a dia do ambiente profissional e doméstico. A campanha também está sendo veiculada em emissoras de rádio e TV e nas mídias sociais.

Confira abaixo as 5 principais dicas que todo profissional da construção civil deve ter em mente quando desenvolver atividades perto da rede elétrica:

 Ao construir ou reformar, nunca aproxime vergalhões, barras de ferro, réguas de alumínio, canos e outros materiais dos fios elétricos.

 Fique longe da rede elétrica quando for fazer o serviço de pintura. O cabo extensor é condutor de energia e a sua aproximação dos fios causa graves acidentes.

 Andaimes devem ser montados longe da rede de eletricidade. Reparos em lajes, telhados, 2º e 3º pavimentos oferecem ainda mais riscos. Redobre a atenção.

 Fique sempre atento ao dirigir ou manobrar caminhões com betoneiras, caçambas ou guindastes perto dos cabos da rede elétrica.

 Na dúvida, entre sempre em contato com um de nossos canais de atendimento e receba orientações para uma construção segura.

 

Fonte: RGE / Assessoria de Imprensa