Resgates no Litoral gaúcho não param mesmo após o veraneio

Resgates no Litoral gaúcho não param mesmo após período de veraneio
Salvamentos recorrentes mesmo terminado o período de Operação são comuns nas praias do litoral gaúcho, inclusive na Praia de Torres que na quinta-feira (11) fez com que guarda-vidas mais uma vez corressem em direção ao mar para realizar um resgate.

O 2º Sargento Neverton Charles Padilha, Sargento Fábio, o Major Rodrigo Canci, o 1º Tenente Sílvio de Souza e o Guarda-Vidas Civil, Antônio, retiraram com vida das águas da praia de Torres um jovem que foi levado pela correnteza e não conseguiu retornar. Embora alguns dos militares estivessem em outra ocorrência e outros estivessem de folga, a rede que se consolidou no litoral fez com que os militares ficassem sabendo da necessidade de resgate e todos saíram para realizar a sua missão.

“Agradeço ao Lima, telefonista, por ter ficado com minha filha Anna Laura de apenas 1 ano e um mês, tendo a certeza que poderia confiar no seu instinto de avô. Desloquei de bermuda jeans, uma lycra, um rescue e um par madeiras BM. Ao chegar na praia não consegui avistar ninguém, apenas as pessoas apontando para dentro do mar, foi quando um quiosqueiro me mostrou a direção e ficou com meus pertences”, disse o 2º Sargento Neverton.

“Um pouco antes de sair do mar o Sargento Fábio chegou, também de bermuda jeans, sem rescue, sem nada, mas com a vontade de ajudar. Ao pisar na arreia e enquanto carregávamos a vítima tive a certeza mais uma vez que trabalho em uma unidade diferenciada, já que a guarnição de serviço já havia retornado de outra ocorrência e estava lá nos aguardando; além do Major Rodrigo Canci e do Tenente Sílvio de Souza, que retornou ao trabalho a partir do Programa Mais Efetivo, que deslocaram com carro particular com a intenção de fazer um cabo boia”, reafirmou ele, destacando que na sequência também surgiu o Guarda-vidas Civil, Antônio e ainda o Sargento Evaristo da reserva, todos com o mesmo objetivo, salvar aquela vida.

A quarta-feira (17) também foi marcada por outro salvamento, quando dois jovens resolveram entrar no mar mesmo sabendo que é um período sem guarda-vidas.

Acionado, o Corpo de Bombeiros de Torres, deslocou-se para a praia, retirando os jovens do mar e realizando os primeiros socorros. Um turista da Califórnia, que se encontrava no local também auxiliou no resgate.

A Associação de Bombeiros do Estado do RS – ABERGS, parabeniza os militares e o Guarda-vidas Civil, que não mediram esforços para que mais um salvamento fosse realizado de forma exitosa. Ressaltando o comprometimento do Corpo de Bombeiros de Torres, que além das atividades cotidianas do Corpo de Bombeiros, ainda atua em uma realidade peculiar no litoral, onde atende diversos salvamentos aquáticos, mesmo fora da temporada. Os salvamentos contam ainda com o comprometimento dos bombeiros que estão de folga e voluntariamente auxiliam quando avisados da ocorrência.

Fonte: ABERGS, com informações do Coordenador da associação no Litoral Norte, Edemir dos Santos Cardoso.