Representantes da 16ªCRE buscam apoio para manutenção da estrutura em Bento

A possibilidade de desativação de Coordenadorias Regionais de Educação admitida pela Secretaria Estadual de Educação (Seduc), continua gerando mobilização em Bento Gonçalves. Na última sexta-feira, diretores da 16ª CRE (16ª Coordenadoria Regional de Educação) que tem sede no município e abrange 25 cidades, estiveram em agenda com o prefeito Guilherme Pasin, para solicitar apoio a manutenção da estrutura.

“A permanência da 16ª CRE no município tem meu total apoio. A Coordenadoria mesmo com um quadro enxuto de colaboradores é extremamente eficiente no seu desempenho, inclusive com índices de avaliações no ensino médio melhores que em muitos lugares, e isso precisa ser levado em conta”, afirma o prefeito Guilherme Pasin.

Participaram da reunião, os diretores representantes das Escolas Estaduais da 16ª CRE, Tânia Regina Ducatti Sasso, Jéssica da Silva e Moacir Machado.

O Prefeito também se colocou a disposição para agendar reunião com a Secretaria Estadual de Educação para averiguar a situação.

São atualmente em 30 sedes, 1600 funcionários, com uma média de 50 por unidade. A possibilidade é de redução para 12. “Está havendo um estudo avaliando o resultado, distância, deslocamento, concentração regional, para otimizar o uso do recurso. Precisamos de uma avaliação constante dos coordenadores do por quê existem distorções de determinada coordenadoria em relação a outras. Se for aprovado, vamos reduzir para ter recursos para investir em educação”, disse o secretário de Educação em entrevista para Rádio Difusora, no começo do ano, Faisal Karam.

 

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora com informações da Prefeitura de Bento