Região da Serra migra para a bandeira vermelha no distanciamento controlado

A macrorregião de Caxias do Sul (Serra) migrou para a bandeira vermelha na classificação definitiva do distanciamento controlado do governo do estado, conforme divulgado na tarde desta segunda-feira, dia 13, pelo governador Eduardo Leite.

A mudança passa a valer a partir desta terça-feira, dia 14. Com a medida, o comércio e serviços considerados pelo Estado como não essenciais, devem permanecer fechados, pelo menos até o próximo dia 20 de julho, possivelmente reabrindo no dia 21, quando começa a vigorar as bandeiras da próxima rodada do distanciamento controlado.

Setor mais afetado pelas restrições da bandeira vermelha, o comércio varejista não-essencial poderá permitir o Pegue e Leve e Drive-Thru em seus serviços, benefício conquistado através da Fecomércio-RS, no último dia 30 de junho.

Além da Serra, as regiões de Cachoeira do Sul, Novo Hamburgo, Palmeira das Missões, Passo Fundo e Taquara também tiveram os pedidos de reconsideração indeferidos por apresentarem um quadro mais grave nos indicadores de propagação de coronavírus e capacidade de atendimento em saúde. Com isso, ficarão com bandeira vermelha nesta rodada

Ao todo são dez regiões em bandeira vermelha, que agregram 286 municípios, com 8.270.737 habitantes, sendo que destes, 149 cidades poderão adotar as medidas da bandeira laranja por não registrarem nenhum óbito ou hospitalização nos 14 dias anteriores à apuração

Fonte: Central de Jornalismo Difusora