Projeto de ampliar informações sobre a procedência de produtos é pauta de encontro na Câmara de Bento

Câmara

Depois da aprovação do projeto que visa obrigar estabelecimentos que comercializam carne e derivados de origem animal, em primeiro turno, de autoria do vereador Gustavo Sperotto, na Câmara de Vereadores, a afixarem cartazes em locais de fácil visualização pelos consumidores, com informações sobre a procedência dos produtos por eles comercializados, um encontro aconteceu no Poder Legislativo na tarde desta quinta-feira.

Houve a participação dos vereadores e supermercadistas, que debaterem o assunto por mais de 1 hora.

A proposta entrará em 2ª e 3ª votações na próxima sessão ordinária, na segunda-feira, dia 15. A principal justificativa da matéria é “assegurar o direito à informação adequada e clara sobre os produtos”, tendo em vista o impacto gerado na população por causa da operação realizada pelo Ministério Público em abril, a qual resultou na apreensão de cerca de 20 toneladas de alimentos impróprios para o consumo.

Emendas chegaram a ser protocoladas pelos vereadores Gustavo Sperotto e Volnei Christofoli, modificando a proposição no sentido de excetuar a obrigação no que diz respeito a produtos que já contenham as informações exigidas em embalagem própria.

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora