Projeto ‘Cultura no Ônibus’ é realizado pela Embrapa Uva e Vinho

article

Nem mesmo a chuva impediu que a equipe da Embrapa Uva e Vinho concretizasse a implementação de um novo projeto: disponibilizar materiais informativos de forma gratuita em empresas de transporte coletivo nas cidades de Bento Gonçalves, Garibaldi, Monte Belo do Sul e Veranópolis, através do “Projeto Cultura no Ônibus”. Na manhã desta terça-feira, dia 20 de março, as Empresas Santo Antônio e Monte Belo receberam a comitiva da Empresa de Pesquisa para a entrega oficial dos bolsões e publicações, que são a tônica da iniciativa.

Possivelmente a convivência diária dentro da maior Biblioteca brasileira dedicada à viticultura e a vontade de levar e compartilhar esse grande conhecimento com o grande público foram os principais ingredientes para que Rochelle Alvorcem, bibliotecária da Embrapa Uva e Vinho, idealizasse o Projeto. “Minha ideia é estimular o hábito da leitura no meio urbano e rural através da disponibilização de obras que apresentem o trabalho de pesquisa que a Embrapa desenvolve em prol da sociedade brasileira”, comentou. Sua meta é contemplar todos os usuários, mas principalmente os estudantes (ensino médio, técnico e universitário) e produtores rurais que usam o transporte público.

A ideia foi imediatamente aceita e apoiada, tanto pela Chefia da Unidade, como pelas empresas de Transporte convidadas a participar da ação. A chefe Adjunta de Administração da Embrapa Uva e Vinho, Flávia Luzia Basso, durante a entrega dos bolsões apresentou a Empresa, destacando a atuação nos segmentos de maçã, uvas para processamento, uvas de mesa e outras frutas de clima temperado, e elogiou a iniciativa, agradecendo a parceria das empresas de transporte. “Através do Projeto a sociedade terá um outro canal de acesso às publicações técnico-científicas da Embrapa , o que permitirá conhecer mais sobre a importância da Empresa e as soluções desenvolvidas”, além de estimular o interesse pela pesquisa agropecuária.

“É um diferencial para os nossos passageiros. Eles terão a oportunidade de adquirir conhecimento, acessar diferentes informações durante a viagem”, destacou Susana Tercila Giordani, diretora Administrativa da Empresa de Transporte Coletivo Santo Antônio, ao receber a equipe da Embrapa. A empresa colocará os bolsões nos veículos que fazem as rotas urbanas de Garibaldi, Veranópolis e Bento Gonçalves, e também nas rotas interdistritais para São Pedro, Santo Antônio, São Miguel e Santo Antoninho.

O apoio dos proprietários da Empresa Monte Belo,Volnira Ferrari Cantoni e Rui José Cantoni, ao Projeto foi imediato ainda na sua apresentação no ano passado. “Queremos levar as informações para o nosso povo que trabalha com a terra, plantando a uva e produzindo o vinho”, destacou ela. Além de colocar o projeto nas linhas que fazem o trajeto do Vale dos Vinhedos e Monte Belo do Sul, também disponibilizarão nos ônibus de turismo contratados especialmente para as excursões, pois acreditam que durante o passeio vai ser um bom momento para leitura.

Entendendo o Projeto
Leve, Leia, Pegue, Devolva, Compartilhe e Participe – essas são as ações propostas aos usuários do Projeto Cultura no Ônibus, escritas na parte superior do bolsão, que na verdade é um expositor com bolsos individuais,possibilitando a apresentação de onze títulos simultaneamente para os interessados. “Não precisa ter cadastro ou ser sócio, simplesmente o usuário escolhe uma publicação, lê durante a viagem ou leva para ler ou entregar para alguém. Pode devolver ou não. O importante é que as informações sejam lidas e compartilhadas”, sintetiza Rochelle. Ela destaca ainda que os ônibus serão abastecidos frequentemente com novas publicações técnicas, estimulando assim o compartilhamento gratuito entre os usuários.

Luciana Prado, supervisora do Setor de Implementação da Programação da Transferência de Tecnologia da Embrapa Uva e Vinho, destaca que o espaço é livre também para outras instituições “Nossa intenção é que não seja restrito aos materiais da Embrapa, mas sim um espaço para que outras universidades, institutos ou até mesmo pessoas possam deixar publicações de interesse, que queiram compartilhar. Só não pode propaganda, nem de estabelecimento e nem políticos”, destaca ela.

Os interessados ainda poderão participar de uma pesquisa acessando o QRCode do expositor. Através desse contato, a equipe selecionará melhor os títulos ofertados a partir do interesse do público.

Fonte: Embrapa Uva e Vinho