Produtores de suco de uva avaliam positivamente participação na Wine South America

Suco de Uva _WSA_ Crédito Martha Caus

Estande do projeto 100% Suco de Uva do Brasil e rodadas de negócio deram visibilidade e ajudaram no fechamento de vendas para os mercados interno e externo

A participação dos produtores de suco de uva na Wine South America – Feira Internacional do Vinho, encerrada no último sábado (29), em Bento Gonçalves (RS), foi considerada positiva pelas 14 empresas que integram o projeto setorial 100% Suco de Uva do Brasil, desenvolvido pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) há nove anos. Dom Eliseo, Econatura, Gallon Sucos e as vinícolas Santini e Terraças levaram seus produtos para degustações em balcões individuais no estande coletivo da iniciativa. O espaço de 64m² foi desenvolvido em parceria com a Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (Sdect/RS).

Com uma média de mais de 20 contatos realizados nos quatro dias de feira e uma estimativa de negócios que deve superar R$ 200 mil, os produtores apontaram como principais ganhos a possibilidade de negociação direta com compradores, a visibilidade do produto numa feira internacional e a atração de novos interessados para o trabalho com a categorias nas redes em que atuam.
Essa foi a impressão do técnico responsável e produtor rural Guilherme Fornasier, que antecipou o fechamento de comercialização para uma pequena rede do estado de Rondônia. “O mais difícil é ter acesso direto aos compradores e isso a feira proporcionou. Para uma empresa pequena como a nossa foi uma ótima oportunidade junto a pequenas redes que não chegaríamos sem esse apoio”, garantiu.

Além dos contatos estabelecidos nas rodadas de negócios, a localização privilegiada do estande também foi destacada pelos expositores. “Serviu como um local onde os possíveis compradores tinham um tempo maior para conhecer os produtos, além de dar visibilidade ao projeto e às empresas que lá estavam”, avalia o diretor Comercial Cesar Postingher.

O fechamento de vendas para o Exterior foi comemorado pelo supervisor administrativo Samuel Santini. Para ele, a proximidade com os compradores de diferentes segmentos do varejo contribuiu para expandir os negócios da empresa em que atua. “Pudemos mostrar a nossa linha de produtos e focar nos que se encaixavam no perfil buscado pelos compradores”, resumiu. Santini adiantou que a feira deverá resultar na venda de 1,2 mil litros para uma rede colombiana e deverá aumentar para cerca de seis mil litros (ou o equivalente a um contêiner), para o mesmo país nos próximos meses.

Para o presidente do Ibravin, Oscar Ló, o apoio à categoria se justifica por se tratar de um produto que absorve metade da matéria-prima cultivada e que vem se consolidando como um dos carros-chefes do setor vitivinícola brasileiro. “Num período de dificuldade na economia, obtivemos até agosto um crescimento de 37,72% nas vendas de suco no mercado interno. Além disso, promover o suco de uva 100% é estimular o consumo de uma bebida saudável, que pode ser consumida por toda a família”, completa.

De janeiro a agosto, foram comercializados 86 milhões de litros de suco de uva 100% prontos para consumo, 23,5 milhões a mais que o mesmo período de 2017.

 

Fonte: Ibravin