Prefeitura de São Leopoldo detecta surto de coronavírus em funcionários de empresas de Garibaldi

O trabalho de ampliação da testagem da população detectou mais um importante foco de contaminação do coronavírus em São Leopoldo; 14 casos foram confirmados na manhã desta sexta-feira (1) de moradores da cidade que trabalham em dois frigoríficos de Garibaldi, na Serra Gaúcha.

Mais de 100 leopoldenses trabalham nas duas empresas e todos estão sendo contatados para a realização de exame. Duas equipes da Secretaria da Saúde estão trabalhando nesta sexta-feira  contatando os trabalhadores,  agendando e realizando os exames . Com a apuração,  até o momento são 72 casos confirmados. O dado aponta que dos 72 casos positivos, 26 deles, 36% , tem como fonte de contaminação o local de trabalho fora de São Leopoldo.

Preocupada com a situação, a Prefeitura tomará medidas enérgicas. O prefeito Ary Vanazzi determinou duas medidas imediatas; um alerta urgente para a Prefeitura de Garibaldi com relação ao surto no empreendimento, solicitando providências e também a formalização ao Ministério Público do Trabalho para averiguação das condições sanitárias e epidemiológica dos empregados.

“Este caso é gravíssimo, precisamos denunciar isso. Aqui estamos testando muito a nossa população, nossa média é de 220 testes por 100 mil habitantes, enquanto o país realiza 50 testes por 100 mil habitantes, isso representa 350% a mais que a média nacional, vamos buscar as medidas urgentes para proteger a nossa população, estamos tratando com toda a seriedade esse tema”, afirmou o Prefeito Ary Vanazzi.

O aumento também se deve ao número de testagem que a Secretaria da Saúde vem aplicando na população como medida definida da prefeitura  de São Leopoldo no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, as ações dão conta de um processo de rastreabilidade dos casos e busca-ativa entre os casos positivos.

Para o secretário de Saúde ,Ricardo Charão,  a população precisa entender a gravidade da situação “Tratamos a situação do coronavírus com muita seriedade e com ações efetivas. Quanto mais testes são realizados, mais informações teremos em mãos para agir”, destacou Charão.

Texto: Jornalistas Romeu Finato Mtb 12042 e Valentin Thomaz Mtb 19048

Fonte: Prefeitura de São Leopoldo