Prefeitura de Bento divulga nova nota sobre a trimestralidade para os servidores

Após realização de Assembleia do Sindiserp/BG (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais) nesta semana, que definiu um pedido de audiência com o prefeito Guilherme Pasin para reforçar a pauta da trimestralidade com a categoria, a Prefeitura divulgou nova nota.

Veja o que diz:

Sobre o assunto a Secretaria de Administração esclarece que:

-A Lei que trata da trimestralidade, AUTORIZA, PERMITE a Administração Municipal a conceder a trimestralidade, mas não obriga. Pode ser concedida a qualquer tempo.

-Por outro lado, a mesma foi criada pelo atual governo, com o objetivo de recompor perdas salariais históricas, principalmente verificadas nos anos entre 2001 e 2008. Ressalta-se que no governo do atual prefeito Guilherme Pasin esta recomposição salarial ficou ainda mais solidificada, tendo em vista que no período entre 2013 e 2018 os reajustes salariais atingiram 48,83% para uma inflação do mesmo período registrada em 39,97%.

-Ou seja, os objetivos propostos pela Lei da Trimestralidade foram atingidos, inclusive com ganho real aos servidores. Não há o que se falar em atrasos, a trimestralidade não está extinta, ela poderá ser concedida a qualquer tempo sempre que necessário diante dos indicadores que se apresentem.

– A administração Municipal tem como prioridade a valorização do servidor, e a construção através do diálogo. Inclusive o salário do mês de março foi depositado antecipadamente, ainda na quinta-feira.

 

Fonte: Central de Jornalismo da Difusora